27/10/2021

Ji Chang Wook e Yoon Se Ah

É irreal rebaixar mulher para elevar homem!


Até quando teremos que ler comentários sobre um papel em um drama, que acaba atacando a pessoa da atriz, e sendo escrito por outra mulher?
Desde que, o drama dos congelados foi lançado (Como “Melting me Softly” – “Me Derretendo Pouco a Pouco” foi carinhosamente apelidado por nós), acreditávamos que teríamos que ler comentários sobre a idade da atriz. Mas, não comentários odiosos a pessoa da atriz como estavam acontecendo em todas as redes sociais nos últimos dias, sejam brasileiras ou internacionais. Como a atriz não é conhecida do grande público, pensamos que isso seria um entrave ainda maior. Mas, sempre que isso acontece muitas idéias passam pela nossa cabeça.
Não estamos falando aqui do personagem e/ou do que ela fez, mas sim dos comentários sobre a idade da atriz. E fico pensando se para essas pessoas, não é permitido se apaixonar por alguém mais jovem. É proibido uma mulher mais velha se interessar e se apaixonar por alguém mais jovem? Vocês sabiam que essa postura é a mesma de fãs Coreanas? Fãs estas que repudiamos, pois inventam regras inexistentes para os atores seguirem? Vocês sabiam que, pode ser por isso que não vemos os atores mais populares em dramas de romance mais maduro? O que seria ótimo, pois poderíamos ver beijos fortes e pegadas reais, como a que vimos entre a Yoon Se Ah e o Ji Chang Wook. Claro, que há vários critérios para escolha do roteiro, mas com certeza o que “as fãs iriam pensar”, acaba entrando em questão sim.
Infelizmente, não vemos nenhuma comoção quando é um homem mais velho com uma atriz mais nova. Não importa se é colegial ou não. O homem pode, mas a mulher não pode? Sim, estou falando de alguns dramas que são bem famosos. Teve comentários do tipo: “Ela tem jeito de ser a mãe dele”. Ah? Sério? Ela teve ele com nove anos? Lá na Coréia?
Precisamos pensar sobre isso. Mulheres mais velhas podem se apaixonar sim por homens mais novos. Envelhecer é um processo natural de todo ser humano. Até o seu oppa vai envelhecer também.
Com relação à atriz Yoon Se Ah. Ela é uma excelente atriz. Tem apenas 41 anos e é lindíssima. Além de ter muita classe. Daquelas atrizes que conseguem levar um drama nas costas. Já tive o prazer de ver dois dramas com ela. “SKY Castle” e “Stranger”. E no filme “a man and a woman”. Sou apaixonada pela sua atuação e seu profissionalismo.
Com relação ao Ji Chang Wook. Eu nunca vi nenhum drama com ele. No entanto, o acho bem apresentável, e que se garante muito no quesito romance e pegação.
É notório pelos vídeos e fotos que postamos aqui e que estão divulgadas na internet. Mas, jamais faria comentários que depreciasse uma pessoa, nesse caso uma mulher, para elevá-lo como oppa do século. Isso não é questão de feminismo, isso é apenas questão de bom senso. Não comentei da atuação de maneira geral, pois não vi nenhum drama dele, embora várias pessoas digam que é um bom ator. Espero futuramente poder assistir um drama dele, pois mesmo que não seja fã de carteirinha, fui uma das que ficaram felizes quando ele terminou o seu período militar, pois tinham muitas das nossas seguidoras aguardando por esse momento.
Por que falo dele aqui também? Para demonstrar que não tenho qualquer coisa contra ele. O admiro como filho cuidadoso, ator dedicado e que tenta sempre agradar os fãs. Vejo as suas entrevistas, e ele transparece ser uma ótima pessoa. Que sempre eleva a figura da mãe, pois ele é órfão de pai, desde pequeno. Tenho certeza, que o Ji Chang Wook se sentiria envergonhado com a postura de algumas mulheres.
Sempre fui uma pessoa que não corri de uma boa discussão. No entanto, ultimamente, ando me mantendo fora desse turbilhão de emoções que são as discussões em redes sociais. Primeiro, porque quero gastar meu tempo trazendo um conteúdo legal e reflexivo para todas nos da página das Coreanas. Como sou alguém de textão, cada texto meu demanda muito tempo. É um isolamento para tentar realmente acrescentar em algo nesse mar de igualdades. No entanto, foi difícil suportar saber que tenham mulheres que pensam tão pequeno sobre outras mulheres. Eram muitos prints. Tanto em português como em inglês.
Quando esse tipo de comportamento acontece de uma mulher para outra, eu sinto que precisamos ainda trabalhar e conversar muito sobre o nosso próprio universo. Nós não somos inimigas. Você não precisa atacar as características pessoais de ninguém, para provar algo que você acha que é certo. Todo ponto de vista pode ser defendido, mas para que isso aconteça, o que você disserta deve respeitar a outra parte. Sei que para algumas pessoas pode ser encarado apenas como problematização, mas para nós, isso é apenas o reflexo de “opiniões” que precisam ser revistas e discutidas sempre. Acredite. Não dói mudar de idéia. Só não muda o que está morto, o que não tem sangue correndo das veias. Somos humanos, erramos e sempre estamos em processo de formação.
E você? O que acha disso tudo?
O que está achando de “Melting me Softly” – “Me Derretendo Pouco a Pouco”?
Compartilhe conosco.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: