27/05/2022

Por que eu assisto dramas de traição?

Alguns dramas retratam essa realidade dentro de alguns relacionamentos, mas os que mais me marcaram dentro dessa temática foram os dramas “On the way to the airport” e “Love Affairs in the Afternoon”. Ambos os dramas apresentaram personagens femininas infelizes em seu casamento, e que eram humilhadas pelo seu cônjuge. Também, em ambos os dramas, os maridos nunca imaginaram que a mulher pudesse olhar para o lado, mesmo que eles traíssem adoidados.
Qualquer similaridade com a nossa realidade, não é mera coincidência. Mais uma vez, os dramas mostrando que são mais reais do que queremos às vezes enxergar. Confesso que devido ao casamento dos meus pais, traição é um assunto que me faz refletir e me coloca em uma situação desconfortável, mas que por assistir esses dramas, eu consigo lidar melhor. Sou contra a traição e não conseguiria viver com alguém que eu traí, ou que me traiu. Acho sim que as pessoas devem separar antes de ter um relacionamento extraconjugal, mas nem todo mundo sou eu, infelizmente, tanto para separar como para não.
Durante a discussão desses dramas, muitas mulheres levantaram a voz e bandeira para o “melhor separar do que trair”. Mais uma vez, eu também concordo com isso. Mas, para crescer devemos sair da nossa caixinha, e a Coréia não é o Brasil. Na Coréia, não é tão simples a separação, e no Brasil também não. Talvez devido a nossa cultura mais liberal, podemos pensar que é simples e prático, mas não. O Brasil é um país conservador. E cada cabeça é um mundo. Nem todo mundo quer separar, mesmo que tenha sido traído ou traia o seu companheiro. Isso não cabe a nós julgar, mas sim a tentar compreender que cada relacionamento tem a sua dinâmica e as pessoas são diferentes.
Durante as mesmas discussões, eu li comentários como “traidor deveria morrer”. E nesse ponto eu discordo totalmente, pois a traição é imoral, mas não é crime. E nem todo mundo trai por diversão. Muitas pessoas podem começar a trair, se apaixonam, separam e casam com essas pessoas. A traição também pode ser uma entrada em um novo e prospero relacionamento.
Eu sei que tem aquele ditado “nada que começa errado dá certo”. Eu até concordo com isso, mas cada regra tem uma ou várias exceções. Desejar a morte de alguém, mesmo que te sacaneou, é desumano. Muitas pessoas confundem o imoral com o criminoso. Falar sobre traição ainda é tabu, mesmo em um país tido como liberal como o nosso. Isso acontece pelo que citei anteriormente. Não somos tão liberais assim. Além disso, será que essas pessoas que gritam “devia separar e não trair” será que faria isso, caso acontece com elas? Infelizmente, a hipocrisia reina, e muitas mulheres ainda julgam outras mulheres, mesmo sem saber as suas condições.
Muitas pessoas viraram a cara e falaram que não iriam assistir, mesmo sem ter visto cinco minutos de ambos os dramas. Acho que tem medo de ver e gostar. Isso só mostra a necessidade de assistir esse drama e sair do seu próprio mundo encantado.
Tanto o drama “On the way to the airport” e “Love Affairs in the Afternoon” não romantizam a traição, não gritam que você deve trair. Pelo contrário, em ambos os dramas, você percebe a angústia das protagonistas por estarem naquela condição, e como se sentem julgadas. Não só pelas outras pessoas, mas por elas mesmas.

 

E essa é a realidade majoritária das mulheres que traem. Claro que existe aquelas pessoas que só traem por brincadeira, mas quando a traição envolve mulheres, isso não é tão simples. Em ambos os dramas, as protagonistas se separam de seu relacionamento infeliz, e se envolvem com as pessoas que traíram. No entanto, isso não acontece logo após o affair, não ocorre no calor do momento. Isso só acontece quando ambas tem certeza do que sentem. O que eu tenho certeza, tanto no drama como em vários casos na vida real, é que o relacionamento era tão infeliz, mas que devido ao costume ou simplesmente a um aspecto social as pessoas mantiveram esse relacionamento, e apenas quando outra pessoa entra em cena é que o relacionamento acaba (mesmo que o casamento nem existisse mais).
Pelo fato de me fazer refletir, sair da caixinha e me fazer querer entender até o que nunca cogitei ao assistir “On the way to the airport”, por me fazer sair totalmente da minha caixinha, eu te convido a assistir esse drama. Ele está disponível no Mahal fansub. Também recomendo muito o drama “Love Affairs in the Afternoon”.
Esse drama é bem reflexivo. Demonstra a realidade de vários casais, várias situações que você pode fazer até sem perceber com o seu companheiro (a) e que acaba por desgastar e acabar com o sentimento, e consequentemente, com o relacionamento.
Esse drama está disponível no Drama Fansubs e Subarashiis.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: