23/10/2021

“THE WORLD OF THE MARRIED” – REVISÃO DOS EPISÓDIOS 1 E 2

“THE WORLD OF THE MARRIED” UM COMEÇO INCRÍVEL… PARA OUTRO SUCESSO DA JTBC? – REVISÃO DOS EPISÓDIOS 1 E 2


“The World of the Married” já está agitando pelo seu início esplêndido, os k-internautas estão adorando o novo drama da JTBC e parece que a JTBC já tem outro sucesso em suas mãos.

“The World of the Married” está no ar no mesmo horário do drama de sucesso da JTBC “Itaewon Class”, é seguro dizer que é preciso trabalhar duro para preencher o mesmo vazio deixado pelo que agora é considerado um dos maiores kdramas de 2020.

Eu vi a estréia de “The World of the Married” e decidi compartilhar meus pensamentos sobre o primeiro e o segundo episódio e tenho muitas coisas boas a dizer.

Eu amo a atriz Kim Hee Ae, o último drama que eu assisti foi “Secret Love Affair” com Yoo Ah In, ela interpretou o personagem de alguém que trai o marido. Foi um drama intenso e bonito sobre o assunto dos casos conjugais. Eu realmente gostei de tudo sobre esse drama.

Kim Hee Ae escolhe ótimos projetos, acho que todos podemos concordar com isso e parece que esse projeto será um enorme sucesso. O segundo episódio de “The World of the Married” superou os 10% nas classificações, isto é enorme. Estamos apenas no episódio 2 e ele já atingiu dois dígitos. Em comparação, foram necessários 5 episódios de “Itaewon Class” para ultrapassar os 10% nas classificações; se eles mantiverem o bom trabalho, poderíamos olhar para 20% em mais 6 episódios.

“The World of the Married” é sobre uma mulher que descobre que seu marido a está traindo, ela leva uma vida feliz e um dia tudo isso desaba. Esse assunto em particular não é nada de especial, ele realmente me lembra o drama “VIP” de 2019 por Jang Nara, só que desta vez a protagonista feminina tem ainda mais a perder. “The World of the Married” é baseado na série britânica “Doctor Foster”.

Para o registro, eu nunca vi essa série, por isso julgarei “The World of the Married” apenas no roteiro e nas performances dos atores, sem levar em conta o quão próximo do original ele está.

Cada episódio dura cerca de 1 hora e 15 minutos e é difícil preencher algumas vezes, mas é feito com muito bom gosto. The World of the Married” consegue sugá-lo para o mundo da sociedade coreana de elite em poucos minutos.

“The World of the Married” ganhou as manchetes por mudar para uma classificação de 19 anos ou mais na primeira metade de sua série, não me importo de usá-lo adequadamente aqui, não para provocar ninguém, mas retratar realisticamente a vida de casado.

Alguns podem achar um pouco excessivo, especialmente para um kdrama totalmente compreensível. Eu sei que muitas pessoas assistem kdramas porque geralmente tendem a ser mais puros e menos sexuais, então pode não ser para você.

“The World of the Married” precisa de uma classificação para transmitir adequadamente as emoções cruas que os casais experimentam, eu ficaria muito irritado e um pouco decepcionado se eu sentisse que o diretor estava se segurando, felizmente, ele não está fazendo isso.

“The World of the Married” imediatamente me fez odiar e amar certos personagens, como dito anteriormente, o roteiro poderia ser descrito como o tipo de roteiro de ‘casos conjugais típicos’, mas parece que tem muitas cartas escondidas nas mãos e isso foi muito divertido de ver. O fato de as amigas dela participarem fez meu sangue ferver como se eu estivesse sendo traída. Eu estava realmente me divertindo assistindo a estréia de “The World of the Married” e não pareceu muito tempo. As reviravoltas e o retrato realista tornaram mais divertido assistir.

Devo admitir que sou um otária por esses tipos de dramas.

Se eles são bem feitos. Não é fácil fazer dramas sobre casos extraconjugais serem levados tão a sério quanto antes, porque há uma abundância de dramas e filmes em todos os lugares. No entanto, “The World of the Married” se estabelece como uma força a ser reconhecida com sua estréia.

Eu amo como todos os personagens coadjuvantes parecem reais, em vez de traçarem dispositivos para impulsionar o drama, isso parece semelhante em certo sentido a outro drama da JTBC “SKY Castle”, que também se concentrou em muitos famílias e sua vida de elite e as lutas que ela traz consigo.

No geral, a estréia de “The World of the Married” fez dele um sucesso instantâneo nos meus olhos e, a julgar pelas pessoas que trabalham nesse drama, posso sentir que só vai melhorar. 2020 tem sido um ano bom para os kdramas até agora e a estréia de “The World of the Married” é provavelmente o meu favorito de um kdrama de 2020 até agora.

A escritora também possui material de referência (uma vez que é baseado em uma série britânica), o que significa que poderíamos obter um enredo coerente durante toda a sua execução, espero. A escritora por trás do drama também escreveu dois dramas muito típicos e não muito memoráveis, por isso tenho minhas dúvidas, mas como ela tem o material original disponível o tempo todo, espero que escreva melhor dessa vez.

“The World of the Married” pode facilmente se tornar o mais novo sucesso da JTBC e, se o drama continuar tão tenso, acho que será um sucesso ainda maior do que “Itaewon Class”. E vocês? Você já viu a estréia de “The World of the Married”? O que você acha disso?

Fonte: JasmineMedia.

2 thoughts on ““THE WORLD OF THE MARRIED” – REVISÃO DOS EPISÓDIOS 1 E 2

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: