27/11/2021

RECAP – EPISÓDIO 4: THE WORLD OF THE MARRIED


O programa me mantém na ponta dos pés esperando para ver o que vai acontecer. Eu não esperava que Hyun-seo (a garçonete) se mudasse ao lado de Da-Kyung (a amante)! Isso me deixou de cabeça aberta com expectativa para o próximo episódio, quero dizer, o que eles planejaram? Seja o que for, eu estou aqui para isso.

Cuidado: Desconfie de erros de tradução. O texto em inglês, por ser retirado do Coreano e ser feito em tradução simultânea da Coréia tinha algumas.

Como fazemos isso (do texto original): Esta recapitulação ao vivo será dividida em duas partes e segmentamos cada postagem a cada 10 minutos. Às vezes mais cedo, às vezes mais tarde, dependendo da cena. Haverá erros de digitação que pretendemos corrigir quando o episódio terminar de ser exibido. Além disso, se houver uma prévia, tentaremos traduzi-la. Procure isso na parte inferior!

/ 1 /

Começamos no abraço de ontem. Ele diz a ela que a ama, você sabe disso, certo? Ela diz que sim, eu sei disso. Então ela pensa: meu filho, minha casa, minha vida, seja o que for, não quero perder nada disso. Eu só quero tirar Lee da minha vida.

Ela se encontra com seu advogado, que diz que sua casa é uma garantia e que sua conta bancária também está sob a empresa. Você tem um bom objetivo.

TO – Eu tenho que colocar tudo de volta, o que for preciso.

Advogado – Se já estiver com o nome de outra pessoa, você não poderá obter nada. Isso é importante a partir de agora. A coisa mais importante para se divorciar é o segredo. Seu marido nunca deveria saber. Você precisa controlar suas emoções. Faça um trabalho adequado. Se você não pode, precisa enterrar tudo.

CASA

Sun-woo se prepara para o dia ou talvez para ir para a cama. TO está olhando para ela e pergunta se as coisas são difíceis para Joon-young? Ela diz que ele gostou muito da avó, é a primeira vez que ele também perde alguém perto dele. Não se preocupe, eu vou cuidar dele, você se cuida. Não trabalhe tanto. Eu me preocupo com sua perda de saúde.

Ela tira a blusa e se deita na cama com uma camisa branca. Ele olha para ela e estende o braço para ela se aconchegar com ele. Ela faz.

SW – Desculpe, perguntei se você tem uma mulher e suspeitava que sim e gritei com você. talvez porque eu te amo muito. Você sabe, às vezes acontece. Eu quero confirmar o seu amor.

Ela começa a pensar nele beijando Da-kyung no carro. Ela o puxa para um beijo. Ele a beija de volta e a rola. Parece que essa é a última coisa que ela quer fazer agora. Mas ela está indo com isso. No entanto, alguém liga naquele momento. Ela diz a TO que sente muito, é uma paciente.

Ela se esforça para falar com eles. É hyun-seo. Ela diz que ele está ficando amigo de Da-kyung e indo até a casa dela. Sun-woo desliga e começa a pensar. Ela vai para a cozinha. Em vez disso, ela sai e procura a bolsa no carro, mas ela desapareceu. Está chovendo para que ela fique molhada.

Mas então alguém coloca um guarda-chuva sobre ela, é Jae-hyuk.

HOSPITAL

Sun-woo se encontra com uma mulher em seu escritório. É uma mulher fabulosa mais velha. Ela diz que está lá porque o presidente Yeo a apresentou. Sun-woo diz a ela que ela tem uma DST, mas ela ficará bem se tomar antibióticos. A mulher diz que é muito embaraçoso na minha idade.

Sun-woo diz a ela para não ser, é comum em adultos. A mulher pergunta, é? Então, isso não acontece apenas por causa dessa … coisa. Sun-woo pergunta, você quer dizer sexualmente? A mulher pergunta: isso pode acontecer na sauna ou no exercício ou algo assim?

Sun-woo tira os óculos.

Lá fora, o marido pergunta a Byung-kyu se ele pode confiar naquele médico. Byung-kyu diz que viu quando ela pediu um favor para o marido, tudo bem.

Lá dentro, Sun-woo diz à esposa que é raro em outros casos, exceto por ser sexualmente transmissível. Geralmente é 99% transmitido sexualmente.

Lá fora, Byung-kyu diz a seu amigo que tudo deve ficar bem.

A mulher sai e imediatamente dá um tapa no marido, que parece que vale uma tonelada de dinheiro. O presidente Yeo está com ele. A mulher se vira para Sun-woo e agradece pela explicação. Então ela sai com toda a sua dignidade intacta. Ele corre atrás dela.

O presidente Yeo olha para Sun-woo.

SW – Sou médico, tenho que contar a doença e o tratamento claramente ao paciente. Não sei por que você pensou que eu iria encobrir o caso de seus amigos. Se você terminar, adeus.

BK – * risadas * Eu entendi mal você.

SW – * olha para ele *

O outro médico vê Sun-woo do lado de fora com o Presidente Yeo BK. Ela liga para Tae-oh e diz que o presidente Yeo está se encontrando com Sun-woo agora. Eles estão falando de algo super sério, eu não sei o que está acontecendo.

Tae-oh entra em seu carro e acelera.

Lá fora, Sun-woo e BK conversam no parque. Ela realmente não olha para ele, mas parece ser mais por respeito.

BK – Seus princípios como médico – me desculpe por ter tocado seu orgulho. Você sabe, mesmo antes de ser médico, você também é casado. Às vezes é melhor não saber sobre o caso.

SW – Bem, não posso aceitar segredos entre casais.

BK – Você sabe tudo sobre a vida do seu marido?

SW – Sim, eu sei tudo sobre ele, ele não sabe se esconder.

BK – * Risadas * Ah, Tae-oh é todo controlado por sua esposa.

SW – * Olha para ele * A propósito, sua filha está namorando um homem.

Corta para tae-oh, puxando para cima e pulando freneticamente para fora do carro. Sun-woo e BK continuam conversando.

SW – Contei informações pessoais para suas filhas sem a minha intenção. Eu pensei que eles estavam em um relacionamento profundo, então é claro que eu achava que a família sabia disso.

BK – Se algo acontecer eles deveriam ter me contado. * chega em seu próprio carro * Da-kyung foi criado preciosamente para que ela não conheça o mundo, mas ela é muito inteligente. Mas não tão inteligente quanto você.

SW – Adeus.

Ele começa a entrar no carro. Mas isso é quando Tae-oh vem pulando para ele como um criado com as costas meio dobradas. Ele o cumprimenta.

BK diz a Sun-woo que ele é grato pelo que ela disse Tae-oh parece assustado, sobre o que eles conversaram? TO fecha a porta e depois o reverencia.

Sun-woo pergunta a ela sobre o que eles conversaram.

—————–

/ 2 /

DA KYUNG

Mais tarde, Hyo-jung e BK conversam com Da-kyung sobre esse homem que ela gosta. Queremos vê-lo, apresentá-lo a nós. Mas Da-kyung diz que não é nada, estamos apenas namorando.

Mas sua mãe diz que ouviu dizer que está em um relacionamento profundo com alguém. Da-kyung pergunta quem a viu? BK tenta se acalmar e diz a ela que, se não for um relacionamento profundo, basta terminar. Vou apresentá-lo a uma pessoa adequada e você pode ter um encontro às cegas.

Ela diz que não. Parece que eles estão na casa dela?

A mãe se aproxima e diz a Da-kyung que eles lhe deram independência porque ela queria. Então eu convenci seu pai. Mas agora você está causando esse problema. Você sabe que seu pai é uma pessoa assustadora quando ele está com raiva.

Da-kyng diz a ela que é sua vida pessoal, ok?

O pai se levanta e caminha até a porta. Ele diz a ela que, se ela criar problemas, deve voltar para casa. As mulheres não devem se envolver em boatos.

A mãe diz a ela que parece que ela ganhou peso; cuide-se. Ambos saem.

SUN WOO

Naquela noite, Sun-woo pega seu filho na escola. Ela vê a assistente com a filha, chama-a para o carro e pergunta se pode levá-la para casa. O assistente concorda hesitante.

Ela deixa ela e a filha em casa. A filha entra para que Sun-woo e MY possam conversar.

SW – Não é difícil criar filhos sozinhos depois de se divorciar?

MY – Não há escolha, todo mundo vive assim.

SW – Como está sua filha desde que ela vive sem o pai, ela está bem?

MY – Ela está bem, ela não procura muito pelo pai.

SW – Mi-yeon, você sabe por que eu fui ao escritório naquela noite.

Ela para e olha para ela. Então pensa em algo para dizer.

MEU – eu não sei do que você está falando.

Sun-woo sorri e diz que está bem.

SW – Talvez eu tenha demorado muito do seu tempo.

Ela volta para o carro. Mi-yeon parece perturbado.

APARTAMENTO

Hyun-seo volta ao seu apartamento e vê Tae-oh e Da-kyung discutindo em sua janela. Ele sai e começa a chutar o carro várias vezes. Então ele finalmente entra e sai.

Hyun-seo pega seu telefone.

CASA

Tae-oh, Sun-woo e seu filho jantam juntos. Sun-woo já havia recebido a mensagem de Hyun-seo dizendo que o casal teve uma briga. Então Sun-woo pergunta a Tae-oh se ele tem algum problema? Ele está bebendo álcool. Ele diz que só queria tomar uma bebida.

No dia seguinte no trabalho, a diretora está com raiva de Sun-woo por fazer o que ela fez. Ele diz que não se trata do dinheiro que eles deixaram de dar, mas do paciente.

Sun-woo diz que estava do lado de seus pacientes. Ele pergunta, você não sabia que ela é a esposa do nosso maior doador!

Depois, Myung-seo diz a Sun-woo que ela pode ter ido longe demais com a consciência dos médicos. Foi uma coisa emocional, certo? ajudando uma mulher cujo marido teve um caso. Ela é um pouco sarcástica e diz que foi porque o marido teve um caso e teve cuidado. Ela começa a se afastar.

Sun-woo diz a ela que ela deve tomar cuidado.

MS – O que?

SW – Você espião duplo.

Ela caminha até o rosto dela.

SW – Quanto tempo você vai fazer isso?

Então ela sai com determinação. Mas ela para quando vê a esposa do homem rico à sua porta. Eles vão para dentro.

Esposa – eu pensei que você não faria isso. Mas muitas pessoas vêm ao hospital, então … só por precaução. Você sabe que a nossa cidade é pequena. Espero que a coisa da nossa família não se espalhe.

SW – Eu mantenho as informações pessoais dos pacientes, não se preocupe.

Esposa – * exale profundamente *

SW – Você está me culpando? Teria sido melhor não saber?

Esposa – Não estou me divorciando. As pessoas que não sabem as coisas vão dizer que eu não estou me divorciando dele por causa de seu dinheiro. Mas o tempo juntos, como você pode explicar tudo com apenas dinheiro?

SW – Você pode viver o resto da vida perdoando-o por causa do tempo que passou juntos?

Esposa – É um caso único, nada a perdoar. Sexo para homens está apenas liberando. Fui eu quem o “criou”, sua formação, dinheiro e personalidade – não quero desperdiçar todo meu esforço em divorciar-me dele.

Ela sai. Sun-woo pensa em tudo o que ela disse.

—————–

/ 3 /
TAE OH

Tae-oh mande uma mensagem para alguém para atender o telefone. Provavelmente é Da-kyung. Ele está no escritório em casa mandando uma mensagem para ela. Ele anda e anda enquanto espera por uma resposta, depois recebe uma.

Ele sai do escritório no momento em que Sun-woo está andando pelo corredor, ela pergunta se ele está indo para algum lugar? Ele diz que sim, trabalho, eles não podem cuidar disso. Ela pergunta, tão tarde? Ele diz que sim, não me espere.

BAR

Enquanto isso, Hyun-seo trabalha no bar dela e recebe uma mensagem de Sun-woo dizendo que o marido foi embora e se ela pode verificar. Então ela pede que a amiga a cubra e ela sai. Mas o ex-namorado a vê saindo.

Hyun-seo grava o marido em seu carro. Ela o pega trancando o carro e subindo os degraus do apartamento. Ela o deixa e sobe seus degraus. Mas então ela ouve a voz do ex-namorado e para.

Ele sai do carro e vai até ela para conferir seu novo carro e seu novo local. Ele diz que ela é boa. Você está namorando um homem velho agora ou algo assim? Hyun-seo diz a ele que ela terminou. Ele “sys” ele não é feito, desculpe.

Ela tenta subir as escadas, mas ele a impede e fala sobre o vice-presidente do hospital, o que há com vocês dois? Você está namorando? Ela diz que é apenas o médico dela, não tem nada a ver com você, saia da minha vida.

Ela sobe, mas ele passa por ela até a porta de Da-kyung. Ela o interrompe e pergunta se ele é louco? Parece que ele tocou a campainha. Tae-oh abre a porta (hum, por que ????) e olha para os dois.

(Hmm, mas talvez seja como duas da manhã, então pode ter sido uma coisa protetora)

SUN WOO

Sun-woo mura alguém e parece nervosa. Ela pode estar ligando para Hyun-seo. Ela manda uma mensagem e pergunta se algo está errado? Por que você não atende o telefone?

Ela senta e olha para o relógio, é realmente tarde, talvez quase uma da manhã. Ela liga de novo.

Alguém responde, é uma voz do homem. Parece que ela ligou para o marido. Ele pergunta se ela ainda não está na cama? Ela diz que se preocupou com ele, pois ele ainda não voltou. Ele diz a ela que terminou a coisa urgente e provavelmente ficará durante a noite.

Mas agora ele está sem camisa na cama da amante.

Ela diz a ele que ele trabalha tanto e descansa bem. Eu te amo. Ele diz que você também. Da-kyung ouve e sai tempestuosa, chateada.

Sun-woo vai até a cozinha e leva uma garrafa de vinho na cabeça. Ela olha para o celular novamente e se preocupa. Então ela faz uma corrida super longa como se ela fosse o terminador. Outro carro sobe a estrada como ela faz. É Ja-hyuk.

Ele chama o nome dela, mas ela pode não ter ouvido. Ela para de correr e respira fundo, então ele sai para falar com ela.

JH – Sun-woo, por que você não me ouviu, no que está pensando?

SW – Tanto faz, nada importante. Indo para casa agora.

JH – Alguma preocupação?

SW – Não, só estou malhando.

JH – Eu vi o que você viu no estacionamento.

SW – Ah, você entendeu.

JH – Sim, isso foi um mau momento.

SW – Então, o que devo fazer?

JH – * se aproxima * O que posso fazer por você?

SW – Você acha que eu deveria me divorciar dele? Eu não sei. Se eu simplesmente ignorar, nós três podemos viver como se nada tivesse acontecido. Mas como posso viver o resto da minha vida? Eu sinto que minha vida inteira é injustificada. Como mulher … sinto que acabei.

JH – Você não é.

SW – Não faz sentido eu te contar isso.

JH – Se você precisar de alguma coisa, me diga. Também podemos tomar uma bebida por perto.

SW – Da próxima vez, obrigado.

Ela se afasta novamente. Ele a observa partir.

—–

 

/ 4 /

YE RIM

Em casa, Ye-rim rastreia o marido em um aplicativo. Então ela ouve o carro dele e olha pela janela enquanto ele estaciona.

Ele entra devagar e ainda parece estar pensando em Sun-woo. Sua esposa sai suavemente e diz que ele está atrasado. Você jantou? Ele diz que sim, é claro. Ele caminha diretamente por ela.

MANHÃ

Sun-woo ajuda o paciente a sair agradavelmente e depois vê o mau ex-namorado. Ele pede para ver a doutora Ji Sun-woo e depois a vê ali. Então ele pergunta se deveria entrar no escritório dela ou lhe dizer ali mesmo no corredor?

Myung-sook vê isso e se pergunta o que está acontecendo.

Dentro do escritório, In-kyu pega o CCTV e diz que ele ouviu que ela estava procurando por isso. Ela pergunta onde Hyun-seo está. Ele diz a ela que ela não precisa saber, ela só precisa disso. Isso tem imagens claras do seu marido entrando naquela casa.

Sun-woo pega dele, mas ele ainda tem o usb, então mostra isso para ela. Ela tenta tirar isso. Ele agarra o pulso dela e diz que ela terá mais problemas se um barulho vier dessa sala.

Ela se afasta e pergunta o que ele quer. Ele diz a ela $ 20k. Você não quer isso? Que tal $ 30k? Ela diz a ele que ela não dará dinheiro a alguém como ele. Ele casualmente diz a ela que ela tem até a próxima semana, se você não quiser saber que pagou a alguém para seguir seu marido.

Sun-woo pergunta como Hyun-seo está indo? Ela esta bem? Ele pergunta, você acha que eu a prendi? Ela diz que te odeia e quer terminar as coisas com esse dinheiro. Até próxima semana. Ele sai.

Sun-woo se levanta e toma café enquanto pensa sobre o que seu advogado lhe disse sobre como ela precisa coletar evidências. Parece que você não está pronto para esta luta. Se pararmos por aqui, é melhor não ter começado. Ela joga a xícara de café e se senta. Quebra na parede.

Uma enfermeira entra naquele momento com uma cesta de flores que seu marido enviou. Ela vê o copo quebrado, mas inteligentemente o ignora e sai. Sun-woo lê a nota, diz “Você é uma mulher legal”.

Corta para Jae-hyuk, que recebe uma ligação. Ele pergunta se ela gosta do presente? Ela pergunta por que ele enviou a ela. Ele diz que é um presente do seu amigo, não se sinta muito onerosa. Também estou cuidando do meu cliente. Ela agradece e diz que não pensa muito quando tem problemas em sua mente.

Ele diz a ela que a vida não tem respostas ou segue o planejado. É bom seguir o que seu coração diz às vezes.

ESCRITÓRIO

Sun-woo volta ao trabalho. Ela se encontra com Song-sik, que tem uma erupção cutânea e gravou o marido na festa de aniversário dele. Ele pergunta se alguém muito próximo a traiu e se ela confia em seu marido.

Ela mantém os negócios e diz a ele que seu coração está bem e suas alergias estão bem. Ele pergunta, então não consigo encontrar uma resposta aqui também. Ela diz a ele que acha que é mais um problema mental do que físico. Você deve consultar um psicólogo.

Ele sorri e diz que se conhece, posso pegar o remédio que sempre recebo. Ela diz a ele que as pessoas sempre pensam que se conhecem melhor. Mas não obtenha ajuda de um profissional.

Ele também diz a ela, não resolva isso sozinho, obtenha ajuda de um profissional.

Ela olha para ele, atordoada.

—————–

/ 5 /
YOGA STUDIO

Da-kyung trabalha como instrutora em seu estúdio de yoga. Ye-rim é uma das mulheres. Mas então Da-kyung começa a ficar enjoada. Ye-rim percebe.

Da-kyung vomita no banheiro e tenta se apresentar. Ye-rim aparece nesse momento com um sorriso. Ela diz a ela que tem três irmãs mais velhas, então eu sei, mesmo que eu veja as costas que você está grávida.

Da-kyung está atordoada, ela pergunta, então?

Ye-rim diz a ela que ela pensou quando soube que você estava trabalhando até o final desta semana que era engraçado.

DK – Não sei o que está acontecendo, mas se você não quiser, poderá obter um reembolso.

YR – Eu permiti porque você é o brinquedo do diretor Lee. Mas se você fizer isso, então é uma história diferente, não posso simplesmente manter minha boca em silêncio.

DK – Diga a ela o que for, é isso que eu quero. Mas você não pode. Fizemos juntos, mas agora você está fingindo ser leal? Isso é engraçado.

YR – * arruma o cabelo * Se ela sabe, você acha que ela vai desistir? Ela nunca se divorciará e permitirá que você dê à luz o bebê e arruine sua vida para sempre.

Ye-rim caminha para as toalhas de papel e coloca Da-kyung fora do caminho.

YR – Você não pensou que ela sabe tudo, mas finge que não sabe? Um divórcio não está acontecendo. Sua idiota.

Ela a seca e sai. Da-kyung parece abalada.

ESCRITÓRIOS

O assistente espera Tae-oh desligar o telefone e depois pergunta se ele está indo para algum lugar legal. Não houve contato do investimento? Ele pergunta por que ela se pergunta tantas coisas hoje? Ela pede desculpas e sai.

Ela fecha a porta do escritório dele, mas está pensando no que Sun-woo disse a ela sobre como ela sabe que sabe. Ela parece preocupada.

Tae-oh manda uma mensagem para sua esposa. Sun-woo olha para o cartão de memória, talvez ela pagou o dinheiro?

Do lado de fora, Da-kyung caminha pela rua parecendo preocupada. Então sua mãe buzina e felizmente diz para ela entrar. Ela canta, eu só vim aqui para ver minha filha. Da-kyung diz a ela que a viu, adeus.

Mas a mãe quer fazer compras com ela e diz para ela entrar. Da-kyung parece que ela ainda está um pouco enjoada, mas ela vai junto com sua mãe. Sua mãe diz que ela ganhou peso; se ela perder um pouco, ela comprará um vestido para ela. DK diz a ela para parar de falar sobre isso.

Sua mãe brinca na área da gravidez para comprar algumas coisas fofas para sua amiga cujo colega de faculdade está prestes a se tornar avó. Sua filha tem apenas 20 anos, então é avó e precisa criar o bebê agora. Ei, eu não quero ser uma avó muito cedo, então se comporte.

Da-kyung observa as botinhas serem embrulhadas. Ela parece infeliz.

AQUELA NOITE

Sun-woo e família saem para uma noite em família. Joon-young fica feliz com isso quando entram no restaurante. Mas, Da-kyung e sua mãe saem imediatamente. A mãe está feliz em ver Sun-woo e diz que eles não fizeram uma reserva, então precisam sair.

Tae-oh diz-lhes adeus. Mas Sun-woo diz a eles que todos deveriam comer juntos, fizemos uma reserva. Hyo-jung não quer impor. Mas Sun-woo diz que queria agradecê-los por terem vindo ao funeral, então se estiver tudo bem com você, você pode se juntar a nós. Ela segura o braço de Yae-oh ainda mais apertado.

Então o presidente também aparece, lol.

Portanto, este encontro de famílias é tão constrangedor quanto todos sentam juntos. O papai do bebê, a amante, a mãe da amante, a esposa e os dois filhos. É hilariamente miserável.

Sun-woo inesperadamente pergunta a Da-kyung como está sua vida de namoro. Tae-oh começa a tossir. BK diz a ela que sua filha é uma pessoa social, então as pessoas entendem mal, mas ela não está namorando ninguém. Sun-woo menciona que provavelmente é um boato.

Joon-young, que parece cada vez mais desconfortável, se levanta e diz a eles que precisa terminar o dever de casa. Por favor, dê-me licença.Tae-oh o leva para fora.

Sun-woo diz a eles que seu filho ama tanto seu pai, que ele o segue por aí. BK diz que sim, filhos são especiais para seus pais. Hyu-jung diz a Sun-woo que seu marido é bonito, então muitas atrizes devem olhar para ele. Sun-woo diz, é claro, muito. Mas tae-oh é tão focado na família. Se isso acontecer, acho que ele está apenas liberando energia. Nem mais nem menos. Assim como a excreção (como cocô, lol).

Da-kyung parece irritada.

Hyo-jung diz, sim, todo mundo comete um pequeno erro. Da-kyung se desculpa. Hyu-jung diz a ela que a esposa do presidente Chae decidiu simplesmente superar essa coisa que acontece com eles. Ela é toda sorridente e sem noção.

Enquanto isso, Tae-oh leva seu filho para casa parecendo mais estressado.

Sun-woo sai do jantar e recebe uma ligação de Da-kyung dizendo que ela precisa prestar atenção na boca! Você precisa proteger as informações pessoais do paciente!

SW – Você me disse que ele se divorciaria em dois meses. E deu à luz o bebê, então eu pensei que vocês já apresentassem seus pais. Desculpe se eu lhe dei problemas.

Da-kyung está tão chocada. Ela desliga o telefone.

Sun-woo parece satisfeito com a ligação.

Da-kyung começa a olhar freneticamente por seus armários e encontra um cigarro para fumar. Mas ela para de acendê-lo e afunda-se no chão, frustrada.

Sun-woo vai embora. Hyun-seo a chama.

Da-kyung chora em casa enquanto toca sua barriga.

—————–

/ 6 /
APARTAMENTO

Alguém toca a campainha na casa de Da-kyung. Ela pergunta quem é. A voz de uma mulher diz que sou eu. Da-kyung abre a porta e vê Hyun-seo muito surrada. Ela diz a ela que sente muito, mas posso ficar aqui um pouco?

Eles se sentam no sofá dela. Hyun-seo diz a ela que ela decidiu fazer um aborto. Ela não tem dinheiro e nem pais, o pai me bateu. Alguém como eu não deveria dar à luz. Só tornará outra vida infeliz. Não me olhe assim, me sinto bem depois de decidir. Minha vida também é importante. Eu não quero ser presa a um bebê na minha jovem idade. É bom para você Da-kyung, já que você não precisa se preocupar com isso. Você tem bons pais e se casará em breve.

Da-kyung parece preocupada.

HS – Por quê? Porque aconteceu?

DK – Na verdade, o homem é casado.

Ela começa a chorar. Hyun-seo a abraça quando Da-kyung diz que a deixa louca e que ele disse que se divorciaria dela em breve, porque ele não pode mais morar com ela. Mas ela é o problema. Ela é uma mulher sem vergonha, mesmo que saiba tudo que não vai se divorciar do marido.

HS – Que tipo de mulher ela é?

DK – Ela constantemente despreza as pessoas e se vangloria e é super arrogante. O marido deveria gostar de morar com alguém como ela. Ela também não é sexualmente atraente. Ele tem que fazer isso como um dever, mas ela está velha agora.

Sun-woo também está ouvindo tudo isso enquanto passa a ferro em casa. Tae-oh está na frente dela. Ele pergunta se ela está cansada? Você pode parar. Vou me aposentar primeiro. Ele sobe com o vinho.

Sun-woo pega os fones de ouvido e desliga. Então ela verifica seus textos. Jae-hyuk pergunta, você encontrou a resposta que estava procurando?

Ele está atualmente em um bar chique sozinho. Ele verifica o telefone. Ela escreve de volta – ainda não. Ele pergunta, e amanhã? Você gostaria de beber algo?

Ela pensa sobre isso e depois cortamos para ela vestir um vestido preto, maquiagem, perfume e jóias.

—————–

/ 7 /

MANHÃ

Tae-oh desce as escadas e pergunta a Joon-young onde está sua mãe. Então a vemos descendo a escada parecendo fabulosa naquele vestido preto e traje sedutor. Ele diz a ela que seus lábios são muito vermelhos. Ela pergunta se é estranho? Ele está apenas mencionando.

Ele pergunta: isso é para a sua conferência? Isso é muito. Ela diz a ele que ela não sai há um tempo, então eu estou me divertindo, você sabe, já que vocês dois não gostam.

Tae-oh diz a ela que é demais, mas não é tão ruim. Ela diz a ele que fez o jantar para que vocês dois possam esquentar. Ele a ignora e diz que tudo bem, depois começa a ler coisas de beisebol com o filho. Ela sai.

Mas, Sun-woo não vai a uma conferência, ela vai a um hotel para se encontrar com Jae-hyuk no restaurante. Ele olha para ela como se estivesse tentando dormir com ela há anos. Mas ele se retém. Ele diz a ela que ela está bonita hoje. Mas você é sempre bonita.

Ela pede uma bebida. Ele o derrama de uma jarra fabulosa que parece uma representação de um cisne. Ela diz a ele que nunca esperava ter um tempo assim com Jae-hyuk sozinha. Não é ruim.

Ele pergunta, nada mal? É isso? Eu deveria trabalhar mais.

SW – Por que as pessoas têm um caso?

JH – Existem dois tipos de homens, o tipo que tem um caso e o tipo que é pego. É instinto. Você não pode conquistar o instinto básico.

SW – O instinto básico não é apenas para homens.

Ela toma um longo gole de vinho.

HOTEL

Um homem atravessa o saguão e fala ao telefone sobre como ele está hospedado em um hotel para uma conferência. Esse cara é o Dr. Kim Yoon-ki.

Na área do jantar, Sun-woo ri alegremente e enxuga as lágrimas. Jae-hyuk diz que é tudo sobre seu ciúme. Ela diz a ele que os homens sempre se classificam, apesar de fingirem que não. Mas sei qual é a posição dele entre os amigos.

Ela continua e diz a ele que ele instigou Je-hyuk, o que fez você fazer isso? Foi a sua insegurança do posto que você pensou nele. É apenas uma desculpa que foi por minha causa. Não é mesmo?

Ele senta e diz a ela que ela é boa demais para alguém como Tae-oh. Você sabia que eu gosto de você. Ela diz, mais ou menos. Ele pergunta, mas você veio até aqui? Sim. Ela toma outro gole. Ele mostra a ela uma chave de hotel.

JH – Esse tipo de vingança é bom para Tae-oh também, certo? Você pode recusar. Você decide.

Ele sorri e depois sai. Ela bebe mais um pouco de seu vinho.

LOBBY

Corte para Sun-woo parada no elevador. Ela não sabe se deve entrar. O médico sai. Ela entra. Ele se vira e olha para ela. Ela parece nervosa para subir.

Ela fica na sala, segurando a chave. Ela olha para cima e para baixo no corredor. Ela dá um passo para a porta e a abre. Je-Hyuk está esperando super legal e bebendo licor. Ela entra.

Ele olha para ela. Eles estão bem na frente um do outro. Ele se aproxima dela para beijá-la. Ela o empurra e ele cai no pufe em frente à cama.

Ela joga a carteira no chão e começa a despir a jaqueta. Ele começa a desabotoar a camisa. Ela tira a jaqueta. Ele tira a camisa e se levanta de novo. Ela o toca no rosto e esfrega os lábios e o afasta novamente. ele se senta no otomano mais uma vez.

Ela caminha até ele e se vira para ele abrir o zíper do vestido. Ele o faz e o tira levemente dos ombros dela. Cai no chão. Ela se vira e olha para ele com sua lingerie preta, parecendo fabulosa e toca seu rosto novamente. Então ela o empurra de volta, ele cai de costas e parece tão chocado que seu sonho está realmente acontecendo.

Ela monta nele, ele a toca de volta.

Em outros lugares, Ye-rim olha para o rastreador GPS e sabe que o marido está em um hotel.

A Sinfônica de Bethoven nº 7, segundo movimento, toca enquanto ela afunda no chão em miséria. Ela vê que o carro dele está no estacionamento de um hotel.

Sun-woo beija Je-hyuk na cama. Ele a vira e a beija. Então ele a senta e tira outra peça de roupa. Ela o empurra na cama de novo e o monta mais uma vez (Deus também é MA da TV?), Então ele a vira e estrela para beijá-la por todo o lado.

—————–

/ 8 /
Enquanto isso, seu marido e filho estão em casa comendo lanches felizes e se divertindo quando a campainha toca. Tae-oh vai lá – Da-kyung está parado ali!

Ele olha para ela e depois olha para o filho assistindo televisão. Ele a puxa para a frente e pergunta o que aconteceu? Você deveria ter me ligado.

DK – Vamos terminar.

TO – Não foi possível ajudar as coisas ontem.

DK – Eu apaguei o bebê!

TO – O quê?

DK – Ok? Então não precisamos nos ver.

Ela começa a se afastar, ele tenta agarrar seu braço, ela afasta e continua andando. Ela pula no carro e sai. Ele começa a correr atrás dela, mas para.

CASA

Sun-woo se prepara para sair quando Je-hyuk acorda. Ele pergunta se ela já está saindo? Ela diz que sim, ela tem uma família. Ele diz a ela que isso é um quebra-humor. Ela pergunta: você quer que eu conte à sua esposa ou você faz isso?

Ele pergunta o que? Devo dizer Tae-oh sobre isso? Ela diz a ele, se você quiser, você pode.

SW – Mas você não se divorcia de Ye-rim.

TH – * ele se senta. * Ei, você se vinga de apenas Tae-oh.

SW – As mulheres não estão tendo casos porque não sabem como. As mulheres não fazem isso por causa da família. Então você deve parar de fazer isso. * ela agarra o rosto dele * Me dê todas as contas secretas de Tae-oh e os detalhes financeiros de sua empresa.

TO – Você está me ameaçando.

SW – Sim. * sorri *

Ela sai.

VO – Você deve parar de tentar resolver isso sozinho, obter ajuda de um profissional.

Corta para Dong-sik, dando-lhe um usb em seu escritório. Ele diz a ela que ele pegou isso no restaurante. Pode ajudá-lo a médico. Então ele sai.

Ela olha para a gravação, é de algumas crianças do ensino médio e Joon-young diz que ele precisa gravar o pai. Ele vai encontrar o pai que está na floresta. Mas ele está com Da-kyung e eles estão se beijando e a voz deles também.

Sun-woo tem um surto mental.

VO – Meu filho, minha casa, minha vida, seja o que for, não quero perder nada disso.

Ela sai do hotel parecendo determinada.

SW – Vou cortar esse buraco da minha vida.

COMENTÁRIOS
Atualizamos o início da última parte nos primeiros 5 a 10 minutos! Mas vamos conversar sobre esse final! Uau! Eu não acredito que esse show foi lá e a fez dormir com Je-hyuk! AMD. Normalmente eles não teriam a mulher traída para mostrar que ela está acima de tudo isso ou algo assim. Mas esse escritor está levando isso para o público e é como, veja, as mulheres decidem não trapacear porque têm um forte senso de dever. Não é que eles não possam trapacear, seus idiotas.

E agora Sun-woo “traiu” o marido por seu senso de dever para com a família, porque ela precisa de todo esse material contábil para manter a família unida! Sua família é ela e seu filho, sua casa e vida financeira. Quero dizer, o marido está arrastando todos eles para a sarjeta, incluindo o futuro dos filhos e ela não tem controle sobre isso porque tudo está no nome do marido e na companhia dele.

Ah, eu simplesmente amo como vemos o canto em que Sun-woo está e a vemos em silêncio, lutando para sair dela usando o que pode.

PRÉVIA

JC – Este é Kim Yoon-ki, o novo médico de neuropsicologia.

TO – Você notou algo diferente no Sun-woo?

MS – Com seu buquê, pensei que estava tudo pronto.

JH – tae-oh ainda não sabe disso certo? Não se preocupe, eu não disse nada sobre isso ainda.

Mulher – Eunnie, você acabou com ele, não se arraste.

SW – Da-kyung, seus pais ainda não sabem sobre sua gravidez?

SW – Bem, é por isso que você não deve tocar nas coisas de outras pessoas.

TO – Você está realmente tão baixo?

SW – Você deve estar pronto para não ver seu próprio filho quando tiver um caso com outra mulher.

TO – Não pude evitar! Apaixonar-se não é pecado!

 

Fonte: Dramamilk.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: