23/10/2021

O caso do homem íntegro que foi ofuscado pelo bonito (Love Alarm)

Aviso aos navegantes: existe a possibilidade desse texto parecer bem biased, mas é totalmente não intencional.

A maioria de nós conhece o enredo de Love Alarm. A maioria de nós até mesmo assistiu a esse drama. Houve quem adorou e quem odiou. É um cliché colegial simples, garota pobre e sofrida que chama a atenção do novato super lindo, rico e popular. Eles se apaixonam. E, não podemos esquecer, o melhor amigo do popular também gosta dela formando o que não sei se podemos classificar como triângulo amoroso. 

O diferencial desse drama? Talvez seja o aplicativo existente no universo da trama, onde seu celular alarma quando alguém que gosta de você (e também possui o aplicativo) está há pelo menos 10 metros de distância. O que é bem interessante, devo admitir. 

Entretanto, confesso a vocês, já que aqui é um espaço para debatermos e sermos sinceros, que o que mais me chamou a atenção sobre Love Alarm foi o quanto nós podemos ser e somos superficiais. Como não mergulhamos em algo para procurar o seu profundo. Não questionamos, aceitamos o que está ali sendo entregue, não pensamos por outro ponto de vista. E como vendemos ou convenientemente esquecemos de valores morais e éticos por causa de um rostinho e corpo bonito, e o que chamaram de “atitude”. 

Ou será que esses valores estão sendo perdidos? 

E não, não é da Jo-Jo, a protagonista, que estou falando. É sobre as mulheres que assistiram. Claro que nem todas se encaixam nisso, eu mesma e uma amiga não fomos assim, mas vi acontecer ao vivo e em um número tão grande que foi o suficiente para tornar a discussão válida. 

Sendo bem direta ao ponto, e não acuse isso ser briga de ship, Sun-Woo não merecia Jo-Jo. Ele sequer deveria ter se aproximado dela para começar. O personagem nem mesmo era um cara legal. Tudo o que ele fez desde o início da história foram características de uma pessoa egoísta, imatura, manipuladora.  

Logo em sua primeira noite na cidade, ele encontra com seu melhor amigo da vida toda, Hye-Young, e percebe que ele nutre sentimentos por JoJo que trabalha com ele. SunWoo pergunta se ele gosta dela e a resposta do amigo é simplesmente que ela tem namorado. Correto. Gostar dela não é errado, ele não pôde se controlar quanto a isso, mas podia controlar agir em relação a isso já que ela é alguém que não está disponível. Respeito.

E o resto nós sabemos, Sun-Woo, como o homem de atitude que é, chegou em Jo-Jo, o namoro acabou, eles tocaram o Love Alarm um do outro e viraram um lindo casal. Era isso que queriam. É disso que o povo gosta. 

4 thoughts on “O caso do homem íntegro que foi ofuscado pelo bonito (Love Alarm)

  1. Carooooool, mulher! Concordo com cada palavra! Obrigada por isso, me sentia muito sozinha em relação a esse drama justamente pq a maioria não enxergava as coisas assim. Hye Young foi um personagem que gostei, e já tinha percebido isso antes mesmo do drama começar, sabe? Mas quando vi o caminho das coisas, tudo só comprovou o que eu sentia, que é exatamente o q vc escreveu. Sua escrita é ótima 🤗

  2. Parabéns, disse tudo e mais um pouco do conflito que tive depois desse drama.
    Acho que estou no grupo seleto de quem não engoliu a força o Sun-Woo,
    O Hye-Young até o fim foi o perfeito sonho… Respeito, maturidade e profundidade nos sentimentos. Vou dormir feliz, por ler essa exposição tao perfeita sobre valores.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: