20/10/2021

“WHEN MY LOVE BLOOMS” VS “THE WORLD OF THE MARRIED” MESMO ADULTÉRIO MAS OPINIÕES DIFERENTES

Apague o fogo causado por “The World of the Married” com “When My Love Blooms”.

É o que dizem os telespectadores de “The World of the Married”, da JTBC, e “When My Love Blooms”, da tvN. Ambos os dramas são sobre adultério, mas retratados de maneiras diferentes. Eles têm assuntos semelhantes, mas a história e o gênero são diferentes de uma maneira que é divertido comparar os dois.

“When My Love Blooms” é sobre um homem e uma mulher que guardam memórias um do outro como primeiros amores, se encontrando quando têm mais de 40 anos. Han Jae Hyeon (Yoo Ji Tae) tem uma esposa, mas ele não esconde seus sentimentos por seu primeiro amor, Yoon Ji Soo (Lee Bo Young). O drama se concentra em seu romance afetuoso. O encontro do homem e da mulher no primeiro episódio no cenário de uma estrada de ferro isolada e com neve foi mais próxima do romance do que do adultério. Assim como o título “When My Love Blooms”, a história em si é sobre o momento mais bonito entre os dois e a atuação dos atores também é calma e constante.

Sua produção também é emocional. A câmera observa de perto os dois personagens que vivem em uma realidade amarga com lembranças do passado. Com isso, mostra naturalmente os sentimentos dos dois, que estão cansados da realidade e mudaram seus valores, e retratam de forma convincente as mentes que certamente serão atraídas uma pela outra. Ela captura os beijos de Jae Hyeon e Ji Soo com a paisagem do pôr do sol contra o mar. É por isso que as pessoas podem ver seu afeto um pelo outro, em vez de “um caso”, que é mais provável de ser criticado.

A atmosfera também é lírica. Ji Soo parece tocar piano, e a poesia se mistura em todas as grandes cenas, criando um sentimento lírico. Música e livros nos lembram os anos 90, dando uma sensação retrô. Suas classificações variam entre 4% e 5%.

Se “When My Love Blooms” é calmo e suave, “The World of the Married” é hardcore. É muito estimulante, mas atraente.

Começando com a cena de um caso sendo descoberto, “The World of the Married” é a história de Ji Son Woo (Kim Hee Ae) e Lee Tae Oh (Park Hae Joon), que não conseguem terminar um com o outro mesmo depois do divórcio. “The World of the Married” é muito rápido com sua narrativa. O processo de revelar o caso do marido da protagonista e o divórcio deles mais tarde se desenvolveram de maneira rápida. Nos dramas de casos existentes, o drama terminaria com esse processo, mas “The World of the Married” abriu o segundo ato e colocou vários personagens e incidentes entre os dois, apresentando uma produção em estilo de suspense que se assemelha a um filme de terror.

A cena em que Ji Son Woo é espancada por Lee Tae Oh até ela sangrar antes do divórcio, a cena em que Ji Son Woo é agredida por Park In Gyoo (Lee Hak Joo) e a cena que sugere violência doméstica por Min Hyeon Seo (Shim Eun Woo), foram cenas provocativas que nunca foram vistas em outros dramas antes. Nos episódios posteriores, tentou se transformar perto de um suspense, mostrando a morte de Park In Gyoo. Como não há tempo para ficar quieto por um momento, a música estridente usada principalmente nos suspense também é usada no drama.

É por causa de um desenvolvimento imprevisível? As performances dos atores são sempre tensas. Kim Hee Ae e Park Hae Joon, que estão no centro, mostram suas emoções indo e voltando entre o céu e o inferno várias vezes ao dia. Às vezes excessivo e provocador, mas os espectadores não conseguem parar por causa da psicologia de querer ver o fim dos dois casais. As classificações do drama, entretanto, foram as mais altas entre as emissoras de tv a Cabo Coreana. 

Fonte: Hancinema.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: