28/10/2021

ENTREVISTA: LEE JE HOON

LEE JE HOON REFLETE SOBRE SUA CARREIRA E FALA SOBRE SEUS DESEJOS COMO ATOR

Lee Je Hoon participou recentemente de um ensaio fotográfico e entrevista para a revista Esquire, onde ele falou sobre seu estilo, carreira e mais!

Quando perguntado sobre sua nova aparência, Lee Je Hoon disse que seu penteado e barba pareciam influenciá-lo. Ele elaborou: “Mudanças na minha aparência exterior, têm um grande efeito em meu comportamento ou atitude. Por exemplo, eu normalmente gostava de me vestir bem, mas enquanto estava filmando “Time to Hunt”, eu vestia muito, roupas casuais, tanto fora quanto dentro do set de filmagem. Ultimamente, eu tenho escolhido roupas coloridas para o meu novo personagem, como sapato vermelho e coisas que eu normalmente nunca usaria. Acho que mudanças em minha aparência são um passo importante para o desenvolvimento e evolução do meu personagem, e eu me divirto com isso”.

Ele adicionou que seus personagens tendem a deixar sua marca nele, ele continuou usando roupas casuais mesmo depois das filmagens de “Time to Hunt” terem terminado.

Lee Je Hoon revelou que tem malhado de uma forma diferente para o seu papel como lutador em seu novo projeto, e expressou arrependimento por não poder mostrar seu corpo no melhor estado para a sessão de fotos. No entanto, ele disse que a sessão de fotos parecia uma nova experiência para ele.

Ele disse; “Normalmente gosto quando tiram muitas fotos minha. Em vez de receber o “ok” de uma foto decente, gosto quando descubro um novo lado meu sendo fotografado uma quantidade quase excessiva de vezes”.

Então, Lee Je Hoon foi questionado sobre seu amor por ver filmes em cinemas. Ele disse: “Eu prefiro fazê-lo, mas não acho que filmes necessariamente têm de ser vistos no cinema. Quando eu estava no ensino médio, eu costumava assistir filmes na televisão. Tinha uma TV que tocava VHS, mas a medida que fui envelhecendo, ir ao cinema tornou-se mais fácil, e comecei a gostar disso”.

“Ultimamente, tenho assistido muitos filmes na internet”, ele compartilhou. “Embora isso tenha suas vantagens, parece muito diferente de assistir aos filmes no cinema. É natural que a tecnologia mude à medida que o tempo passa, mas espero que as formas mais antigas de fazer as coisas sejam preservadas e não desapareçam para que assim, possamos desfrutar das coisas de várias maneiras”.

Ele explicou ainda seus pensamentos sobre cinema, dizendo que seu filme “Time to Hunt” é particularmente impactante na grande tela. Ele disse: “Nós trabalhamos duro no áudio de “Time to Hunt”. Gastamos muito implementando o áudio ‘Dolby Atmos Surround’, mas não há muitas pessoas em casa que terão o equipamento necessário para experimentar plenamente o áudio do filme. Não há nada que possamos fazer sobre isso, mas recomendo àqueles que irão assistir “Time to Hunt”, deixem o ambiente escuro e foquem nos sons”.

Em seguida, Lee Je Hoon falou sobre sua decisão de começar a atuar, quando ele se convenceu que tentaria por dois ou três anos e se alistaria no serviço militar caso sua carreira como ator não desse certo.

“Agora que penso nisso, acho que perdi mais tempo com esse tipo de atitude”, disse ele. “Teria sido melhor apenas deixar tudo e me jogar de cabeça nisso, mas eu tentei criar um plano B pra mim. Claro que isso pode lhe dar paz de espírito, mas acho que você pode ganhar muito mais se entregando completamente. Mesmo que você não receba os resultados que deseja, eu acho mais provável que a pessoa que deu tudo de si consiga chegar ao próximo nível”.

Ele refletiu sobre sua carreira, mais de 10 anos já se passaram desde sua estréia. “Ainda sou curioso sobre mim”, disse ele. “Eu investigo quem realmente sou, e olho que tipo de face eu tenho. Como sou um ator, é inevitável que tenha que atuar quando conheço pessoas diversas, mas só há um de mim. Mesmo que eu mude de estilo, não posso mudar quem eu sou, e mesmo que minhas linhas mudem, é difícil sumir com meus hábitos básicos e forma de falar. Para mostrar uma versão minha, tenho que experimentar comigo mesmo e ir melhorando. Nesse sentido, não me sinto confortável. Sempre estou nervoso e ansioso”.

Quando perguntado sobre ainda ser ansioso, Lee Je Hoon respondeu: “Eu sempre atuo como se fosse meu último projeto. O público sempre quer novas pessoas e novas estrelas, e essas estrelas estão constantemente aparecendo. Não haveria muitos atores que poderiam me substituir? Então eu penso, “Não há algo que eu possa fazer para que não possa ser substituído? Tenho que continuar trabalhando com o pensamento que quero me tornar uma pessoa insubstituível”.

Lee Je Hoon falou sobre seu filme de 2017 “Anarchist From Colony”, que ele descreveu como significativo.

“Eu tive sorte de encontrar um grande diretor e ter um papel baseado em fatos reais, pessoa multidimensional”, disse ele. “Acho que ‘Anarchist From Colony’ foi um divisor de águas pra mim. Antes disso, eu sem sempre checava minha aparência, mas enquanto filmava ‘Anarchist From Colony’, eu parei de me verificar, independentemente se eu estava rolando no chão ou coberto de poeira, porque meu personagem é alguém que fica melhor com a aparência mais rígida e suja. Acho que foi por isso que pedi para ser tratado de maneira grosseira”.

Lee Je Hoon também revelou que tem anotado suas própria ideias para filmes. “Tenho várias ideias”, disse ele. “Tenho algumas histórias e noção de sinopses, mas não tenho nada que esteja desenvolvido em um cenário completo. Eu não sou muito talentoso escrevendo, então se tiver chance, quero passar para um bom roteirista”.

Lee Je Hoo explicou que tem escrito sobre várias coisas, começando com  inexplicáveis e estranhas emoções. “Eu me pergunto como essas emoções e cenas seriam retratadas através do vídeo”, disse ele. “Eu costumava gostar de fazer isso sozinho, mas achei que seria mais significativo se eu pudesse compartilhar isso com alguém e fazer virar realidade”.

Finalmente, Le Je Hoo encerrou a entrevista, falando sobre seus planos futuros “Quero criar um projeto significativo e divertido”, disse ele. “Esse é meu objetivo e sonho. No final, quero me tornar uma pessoa que pode continuar fazendo isso por 20 anos. Espero também que, como jovem ator, essa versão de mim possa ser fonte de motivação. Embora as pessoas possam ficar desconfortáveis e pensar que sou estranho ou que sempre escolho coisas estranhas, acredito que o crescimento vem de novas formas de pensar, e essa mentalidade é o que cria um ambiente para arte visual saudável. Penso que tem que haver mais pessoas assim, e haverá. Espero que você possa assistir meu processo enquanto encontro meu lugar nessa multidão “.

Fonte: Soompi.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: