27/10/2021

JI CHANG WOOK TEM MUITO A PROVAR COM “BACKSTREET ROOKIE”

No ano passado, Ji Chang Wook terminou seu serviço militar obrigatório e, para grande alegria dos fãs, rapidamente voltou a fazer dramas com “Melting Me Softly”. Infelizmente, a comédia romântica do conceito de ficção científica não decolou, levando alguns a sugerir que Ji Chang Wook, na pressa de começar a trabalhar novamente, não considerava bem suas ofertas disponíveis, indo muito longe da curva.

As falhas de “Melting Me Softly” foram inumeras, e a maioria delas não pode ser atribuída apenas a Ji Chang Wook. No entanto, Ji Chang Wook decidiu assumir outro risco fora da curva com “Backstreet Rookie”, um drama de comédia romântica que, em vez de exibir sua imagem mais legal, interpretado por Ji Chang Wook como um infeliz funcionário de loja de conveniência. Ele luta antes mesmo de sua vida ser complicada por uma funcionária mais jovem e enérgica interpretada por Kim Yoo Jung.

De fato, o ponto de partida para “Backstreet Rookie” é consideravelmente mais forte do que foi para “Melting Me Softly”. Onde “Melting Me Softly” era frequentemente criticado por usar mal sua premissa, “Backstreet Rookie” tem sido explicitamente comercializado como uma comédia antagonista com um personagem excêntrico semelhante à webtoon que compartilha seu nome. Espera-se que Ji Chang Wook tenha sua dignidade manchada por sua co-estrela mais nova, e a partir disso o drama dedicará a maior parte de seu humor.

É uma abordagem intrigante com potencial óbvio, devido à maneira como ela pode ser comercializada na marca de Ji Chang Wook. Sua própria inadequação para o papel poderia ampliar o humor. De qualquer forma, sua popularidade internacional é suficiente para que vários acordos internacionais de streaming já tenham sido organizados antes da exibição. Com o diretor de “The Fiery Priest”, Lee Myeong Woo no comando, certamente há pessoal de apoio suficiente para fazer de “Backstreet Rookie” um sucesso, embora só o tempo dirá.

Fonte: Hancinema.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: