07/07/2022

ENTREVISTA: KIM SEON HO

Sim, finalmente uma entrevista adequada para Kim Seon Ho com muitas fotos em destaque! As pessoas podem reconhecê-lo de seu drama de estreia Chief Kim ou Strongest Deliveryman ou Two Cops, mas seu drama especial foi You Drive Me Crazy! O que me fez notar ele e suas covinhas assassinas. De dramas na TV pública, ele foi atuar em dramas da TV a cabo: primeiro foi 100 Day Husband do ano passado (2018) e este ano (2019), ele está atualmente estrelando Welcome to Waikiki, segunda temporada. O tsundere (é um termo japonês para uma personalidade que é inicialmente agressiva, que alterna com uma outra mais amável. Tsundere é uma combinação de duas palavras, tsuntsun (ツンツン?) e deredere (デレデレ?). Tsuntsun é a onomatopeia para “frio, brusco”, e deredere significa “tornar-se amável/amoroso”) Jung Je Yoon se tornou um jovem aspirante que sonha em se tornar um cantor, Cha Woo Shik.

Os personagens principais da 2ª temporada de Welcome to Waikiki têm quase a mesma idade. Ter atores da sua idade certamente trará um tipo diferente de humor no set.

Todos nós temos preocupações semelhantes em relação à nossa atuação. Uma vez que o drama é uma comédia, temos muito mais coisas com que nos preocupar, especialmente no que diz respeito a como abordar o público usando o tempo adequado (de nossa atuação). Queremos agir bem, mas os próprios critérios (sobre como agir bem) são vagos. Existe a ganância (para fazer melhor), mas pode trazer um resultado indesejado também. Há momentos em que atuar parece difícil. Como sempre, se ver atuando é estranho e ainda é uma coisa difícil para todos. Ainda assim, o set de Waikiki 2 é onde nos damos como amigos. Claro, eu sou o mais velho entre nós. (risos) Assim, em vez de querer aparecer, sou melhor para ouvir (os outros).

O gênero é comédia. A comédia tem a ver com fazer o seu público rir. Claro, o roteiro é importante para torná-lo engraçado, mas um nível adequado de atuação também é necessário. Encontrar esse nível adequado de atuação parece ser a fonte de preocupação para você ao fazer este projeto.

Cha Woo Shik é um personagem que sonha em se tornar um cantor, mas ele falhou uma vez em se tornar um idol antes de se tornar um cantor. Não é comum, mas existe a possibilidade de ter esse personagem. Ele é sensível e fica nervoso facilmente, mas não há muitos problemas em expressar a seu lado divertido. Já que estamos fazendo um gênero cômico, me preocupo com o nível de “raiva”. Foi nisso que pensei muito, junto com o diretor. O nível em que o público não se sentirá desconfortável e, às vezes, pode acabar sendo engraçado. Encontrar esse nível é, sem dúvida, a parte mais preocupante para mim neste drama. Além disso, como estamos tendo muitos atores e personagens, há muitos incidentes devido a isso. Conversamos muito uns com os outros para traçar a direção, onde os personagens poderão se destacar mesmo no meio dos cenários que se desenrolam. Isso tornará o enredo em específico, ainda mais interessante.

Vocês não sentem a tensão crescendo, já que estão trabalhando com tantos atores?

Existem sets de filmagem assim. Quanto a nós, nos preocupamos em como fazer cada um se sobressair na cena. É um enredo cheio de atores, de fato. Eu quero ser alguém que é capaz de abraçar mais coisas depois de ver a força de outras pessoas, e o ambiente é exatamente esse. Eu seria capaz de pensar mais, conversando com outras pessoas e ouvindo suas histórias. Também terei uma aceitação mais ampla em diferentes situações. Assim que terminar este drama, acho que serei capaz de ser mais consistente em muitos aspectos.

Embora você não tenha feito muitos dramas, tem muita experiência em atuação no teatro. Sua carreira de ator é realmente longa, então você ainda sente medo das novas experiências que virão em seu caminho?

Sempre tive muitos medos. Não sou alguém que encara as coisas com pensamentos positivos. Para você ter uma ideia, descobri que viajar é um conceito desconhecido para mim, tanto que só andei de avião pela primeira vez, aos 32 anos. Isso também porque eu não pude evitar, já que era uma ocasião familiar íntima. Foi durante as férias de recompensa do chefe Kim que aprendi pela primeira vez o quão bom é viajar. Desde então, comecei a fazer viagens domésticas pouco a pouco. De qualquer forma, sou péssimo em ter coragem de fazer algo, e decidir positivamente começar a atuar foi uma das escolhas mais louca que fiz.

Honestamente falando, atuar é algo que você tem que fazer com coragem.

Comecei a seguir meu amigo para uma aula de atuação quando estava no colégio e adorei a maneira como a professora falava comigo. Naquela época, conversar com alguém era algo muito estranho para mim. Mas então, quando estava no curso, sempre respondia quando a professora me perguntava sobre minhas preocupações. Foi assim que descobri que não era nada ruim compartilhar suas preocupações. Essa foi a razão pela qual eu realmente gostei de ir para a escola de atuação. Claro, quando comecei a atuar, não tinha muita confiança em mim. Quando tínhamos que representar algo (durante a aula), eu sempre ficava nervoso ao pensar como os outros fariam a mesma coisa que eu, então sempre me oferecia para ser o primeiro.

Não há garantia de que alguém acabará fazendo algo relacionado aos seus interesses. Você ainda se lembra do momento em que subiu no palco pela primeira vez?

Entrei para um grupo de teatro quando estava na faculdade. Nós mesmos escrevemos o roteiro e praticamos juntos, e o personagem que eu deveria interpretar, trabalhava meio período em um café. Quando subi no palco, fiquei impressionado com a atmosfera, o que me deixou sem fôlego no início. O público naquela época eram meus amigos do ensino fundamental e médio, para quem eu pessoalmente javia enviado os convites. Eu os ouvi dizer: “Agora ele está começando a atuar!” Percebendo que estava diante daqueles com quem estava familiarizado, rapidamente recuperei os meus sentidos. Meu nervosismo foi diminuindo gradualmente com o passar do tempo. Talvez eu também fique mais flexível à medida que envelheço. Mas ainda fico ansioso durante as sessões de fotos como hoje.

Você já se sentiu impaciente?

Não, já que sou imaturo (risos). Fui ao teste para o drama Chief Kim porque alguém da produção me disse para fazer isso depois de me ver em uma peça. Ele foi o membro mais jovem da equipe de teatro até os 31 anos, então deve ter ficado relaxado. Na verdade, acho que a chance veio antes do esperado para mim. Em vez de pressa, acho que havia mais medo, como a sensação de alguém pensar que mudei depois de me ver. Enquanto filmava um drama até tarde da noite, às vezes me via querendo termina-lo rapidamente. Eu imediatamente me senti como um pirralho imaturo e ingrato por ter esse pensamento, quando ter a chance me filmar é algo que eu tenho que ser extremamente grato.

Qual é o seu objetivo pessoal, se houver, que servirá como uma prova de que você não mudou enquanto continua a atuar?

Quando alguém pensar em mim, que dizer: “Serei capaz de fazer o projeto se for com ele”. Não apenas para outros atores, mas também para a equipe. Eu quero me tornar um ator assim.

Demos uma olhada em seu Instagram, antes de você chegar hoje, mas não havia muitas fotos suas lá. Não pudemos realmente adivinhar qual é o seu interesse.

Não é que eu odeie fazer isso; o negócio é que não sou bom em fazer, então, não gerencio meu Instagram. Meus comentários também são mais curtos. Em vez de me forçar a fazer isso, só faço quando estou com vontade.

O que você mais gosta de fazer além de atuar?

Caminhar. Quando eu saio para passear, tem que ser por pelo menos duas horas (!!!). Dou uma volta quando preciso pensar em algo. Quando eu estava fazendo a peça “Kiss of the Spider Woman”, recebi críticas negativas por minha atuação e foi muito difícil para mim. “Para mim, você não parece um prisioneiro político” Eu não soube como reagir. Quando estava sozinho, me senti sufocado e chorei. Depois disso, saí de Daehak-ro (onde ficava o teatro) e demorei 5 horas para chegar em casa. Descansei um pouco no meio do caminho e pensei muito antes de retomar minha jornada para casa. Talvez, tenha sido por isso que consegui ser ator mais consistente. Foi a hora de encontrar minhas forças e fraquezas. Consegui passar por momentos difíceis graças àquela longa caminhada. Eu segurei em vez de superar isso. Quando entrei para a peça “Closer”, comecei a trabalhar ao lado de incríveis veteranos. Assistir a atores como Bae Sung Woo e Kim So Jin me ajudou a aprender muito, observando suas maneiras de atuar. Foi um momento muito importante para mim. Assisti-los atuar e pensar que eu também poderia me tornar um ator assim me deixou muito feliz. Cada momento no palco era emocionante para mim, graças ao pensamento que tive daquela época. Atualmente, gosto de subir e descer o Monte Bukhan. Também gosto de viajar, e isso se torna uma coisa que me consola. Há algum tempo, fui a Gyeongju com um amigo, experimentando o tteokgalbi e alugando uma pequena scooter. Era tão pequena e lenta, que os carros estavam se enfileirando atrás da scooter e buzinando para mim. Mas foi divertido e acho que aos poucos estou ganhando coragem para tentar coisas novas.

Quando é que você acha que o mundo dos atores ainda é tão estranho para você?

Quando ouço que sou uma celebridade. Eu ainda fico maravilhado quando vejo outros atores, já que assistia muitos dramas quando era jovem, e aquelas pessoas que me faziam rir e chorar estão na minha frente! Quando alguém diz que sou uma celebridade, fico arrepiado.

O que você quer melhorar como ator?

Eu fiz esta pergunta para um sênior meu há um tempo. Ele respondeu: “A prática de ter uma atitude séria em relação a agir de acordo com o roteiro, está lentamente desaparecendo. Você é exatamente isso.” Aquele sênior sempre foi alguém que fala francamente assim. Pode ter sido uma resposta que eu esperava ouvir durante aquele telefonema. Acho que chegou a hora de me preocupar com o peso da minha atuação. Sentirei o peso em meus ombros, se atuar tendo consciência de minha própria força. Talvez minha atuação pareça mais leve se isso desaparecer. Durante todo esse tempo, apenas sei como me divertir atuando, sem me preocupar com o peso da minha atuação. Hoje em dia, pareço colocar mais ênfase na minha aparência (risos). Eu não era alguém que se preocupava com a minha isso. Filmei uma cena que exigia que eu ficasse feio, mas o diretor de repente me perguntou se alguma vez me preocupei com minha aparência enquanto monitorava a cena. Ah, por que sou assim?

Welcome to Waikiki 2 é mais ou menos uma história para jovens. A juventude pode ser considerada a primavera na vida de alguém. Quanto ao ator Kim Seon Ho, em qual das quatro estações está sua vida?

No verão. Estou gastando meu tempo inconscientemente, suando sob o calor sufocante. Estou trabalhando duro, tanto quanto minha juventude fervente. Provavelmente é hora de me levantar e me tornar alguém que parece um pouco insensível. Será a hora de me endireitar. Ser frio como o inverno significa que a primavera está chegando; a primavera onde minha atuação floresce como uma flor.

Portanto, para o homem Kim Seon Ho que se despede de seu eu de verão enquanto espera por seu coração frio hoje, você está feliz?

Claro. Eu não posso acreditar que estamos chegando ao fim da nossa entrevista. Gostei da sessão de fotos e também desta entrevista. Gosto muito desta posição, neste momento.

Fonte: TheTalkingCupboard.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: