23/05/2022

Comentários 50% do k-drama ‘Apostando Alto/Start Up’

ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS MODERADOS

Olá pessoal, tudo bom com vocês? Nesse post vim trazer alguns comentários sobre o drama que está criando a terceira guerra mundial nas redes sociais, todo fim de semana já sei que tenho que me preparar para a guerra, enfim chegamos nos 50% do drama Start-Up ou do português como a Netflix nomeou, Apostando Alto. 

Fiz um texto falando minhas primeiras impressões do drama, e agora voltei para contar o que estou achando até aqui. Falando um pouco sobre a história, acho que o enredo está legal, bem gente como a gente, podemos nos ver ou pelo menos algum conhecido no lugar de cada um dos personagens, da Dal Mi à avó dela Won Deok.

Eu particularmente gosto de dramas assim, me sinto conectada com a trama. Acho que principalmente aqueles que são empreendedores ou querem ser um algum dia, devem estar gostando de ver o andamento das coisas, como Dal Mi e Do San estão conseguindo aos poucos se firmar.

Semana passada saiu uma matéria de como drama não correspondeu as expectativas, e que comparado aos outros dramas da roteirista Park Hye Ryun, a audiência de Start-Up está bem abaixo do esperado. Já começamos primeiro com a grande diferença, os outros dramas dela, foram transmitidos por emissoras públicas da Coreia, então é normal que a audiência tenha sido bem maior.

Esse é o primeiro drama dela em uma emissora a cabo, Apostando Alto está sendo transmitido pela tvN, a audiência dele está na média dos dramas da emissora, de 4,78% a 5,42% no âmbito nacional.

Segundo, que a temática veio bem diferente dos outros dramas da roteirista, bem como lembrou a Luciana, uma de nossas seguidoras, o enredo é uma coisa mais real, não envolve nenhum elemento de fantasia como os dramas, While You Were Sleeping, Pinocchio e I Can Hear Your Voice, ou algo relacionado a jornalismo, música ou direito, então, é normal o estranhamento.

E por último, acho que por mais que tenha atores famosos nesse drama, mas os outros dramas da Park Hye Ryun trouxe, um elenco bem mais de peso como Lee Jung Suk, Park Shin Hye, Lee Bo Young entre outros. Em minha opinião, acho que a comparação foi um pouco desleal. 

O que dizer da personagem da Suzy? Incrível como sempre, a atuação dela está maravilhosa e bem a cara dela, uma vergonha alheia e um surto em cada episódio, mas ao mesmo tempo muito forte e crescendo, mostrando todas suas habilidades como CEO e empreendedora e sempre se impondo no momento certo. E não podemos deixar de fora sua personalidade espirituosa e positiva, que não aceita um não como resposta e mostra ao veio.

O ponto alto desse drama, sem dúvida, é a amizade entre Ji Pyeong e Won Deok, aquece nossos corações e traz lagrimas aos nossos olhos, se nada der certo, essa é a coisa boa que vou levar desse drama. Eu acho muito importante essa amizade com pessoas mais velhas serem mostradas, nossa geração tende a desprezar as pessoas mais idosas, e mostrar essa amizade é a verdadeira prova de que os mais velhos podem ser amigos se permitirmos. Uma questão muito importante também, é que hoje em dia, o mundo está tão ingrato e cada um por si, porém, Ji Pyeong mostra como se sente agradecido por tudo que Won Deok fez por ele e quer retribuir de tudo quando é jeito.

O ranço desse drama é a In Jae, claro. Ao tentar mostrar que pode chegar onde quer e também ser bem sucedida, ela está usando os métodos mais sujos e tomando posse de uma história que não é dela e jogando a irmã para o padrasto mesmo sabendo como ele é, acho que nessa segunda fase, vamos ter que nos segurar para não partir para cima dela.

A ideia do projeto do Noongil foi bem legal, e gostei bastante que a Dal mi já descobriu o problema da avó, a roteirista não se prendeu muito nisso e revelou logo o negócio e a cena das duas chorando e se abraçando, foi bem emocionante.

E eu estava bem em dúvida sobre quem era a pessoa que queria se vingar, mas ao que tudo indica, é o Yong San, ou será que estamos sendo feitos de trouxas?

E por último, mas não menos importante, o ship, que está dando o que falar, todo fim de semana é uma guerra declarada entre o Team Ji Pyeong e Team Do San, claro que não fico em cima do muro e tomo meu partido, aqui é Team Ji Pyeong , por mais que esse seja o ship errado, vou sofrer até o final, e já digo desde agora, que não shipei errado, a roteirista que não escreveu isso direito. Defendo o Ji Peyong sim, “ah nossa, mas ele é muito arrogante, se acha, e humilha os outros”, você que lute porque ele é reizinho incomparável. E a roteirista já deixou isso bem claro, e Dal Mi também, pedindo que ele sempre pise no freio.

Agora falando sério, concordo até que ele poderia falar de outra forma (e ser escroto de ruim é diferente de ser grosso), mas no mundo dos negócios, ou você come ou é comido e tem gente que só funciona no tranco, e nem tranco estava funcionando com o Do San, como o pai dele mesmo disse, que ele preferia perder e entregar o lugar. Sendo assim, como ia levar uma empresa para frente? Ele e os amigos não tinham nem um plano de negócios e receita, não tinha planos de nada, não sabiam nem qual era o nome do documento que dividia a parte das empresas, não sabiam que o CEO precisa ter a maior parte das ações e por causa disse tiveram uma briga danada. E depois de tudo o que o Ji Pyeong falou para ele, vê se não se tornou outra pessoa? Conseguiu até desafiar o Ji Pyeong, decidiu até encontrar a vó da Dal Mi, nada que um tranco não resolva. “Ah, mas tem coisas que você não deve falar porque as pessoas levam no coração”, a maioria de histórias que ouvimos por aí, é que a pessoal resolveu ser tal coisa, ou tomou alguma decisão porque alguém falou que ela não podia e que era impossível, claro que isso não é uma regra e que as pessoas são diferentes, mas é o que acontece com a maioria.

E com isso, estou saindo para comprar todos os panos possíveis para passar para o Ji Pyeong porque não sou obrigada.

Shipo demais Ji Pyeong e Dal Mi, eles se conhecem, e durante muito tempo foram amigos um do outro, e Ji Pyeong realmente abriu seu coração, e não sei de onde as pessoas tiraram que a vó dela que ditou CADA carta que ele escreveu, eu entendi desde começo que a primeira foi meio que ditada por ela, mas depois, eles começaram a se corresponder. Eu só faltei morrer com todas as interações deles no episódio 8, cada sorriso era um tiro. E o que foi o final desse episódio?  A Dal Mi comparando as letras da carta com as anotações, eu surtei legal. E é isso gente, torço por esse casal com todas as minhas forças, mesmo que não aconteça, quem sabe uma fic não sai. 

Falando sobre o Do San, para mim é difícil, porque o personagem dele não me cativou, apesar dele ser um fofinho e realmente agora estar mudando, e pudemos ver o crescimento dele, e a cada episódio a diferença vai ficando bem visível, a forma como pensa e está se impondo. Não temos como negar que as coisas que o Ji Pyeong falou para ele, foram bem decisivas para começar a mudança, tanto que toda vez, vinham uns flashbacks do que o Ji Pyeong falava, e nosso menino bonzinho pôde até provar um pouco do próprio veneno, levou umas patadas do Do San, e ainda ouviu que foi o próprio conselho dele, gostei bastante disso, pois ele viu como é estar do outro lado.

Vamos ver o que Do San ainda vai nos trazer por aí, será que consegue virar a mesa do meu coração? Acho difícil. Sei que todo mundo ficou alvoroçado por causa do beijo dos dois nos episódio 7, mas como eu disse em nossas redes sociais, o negócio só acaba quando termina, e o jogo pode virar.

E ainda tem a tradução da carta do Ji Pyeong, né minha gente?

“Querida Dal Mi,

Vivi a mesma rotina todos os dias, até agora. Acordar de manhã, ir para escola, prestar atenção nas aulas, e quando dá a hora, voltar para casa. Vivendo minha rotina diária assim, como uma roda. Mas por você estar comigo nesses dias, meu dia a dia está mudando. Penso em você, espero por você, penso sobre seu dia. Sinto que Meus dias recentemente, são preenchidos por você. Mesmo que seja simples, essa rotina me dá alegria e fico feliz quando espero por você, porque me sinto animado, e fico feliz quando recebo suas cartas, porque me sinto satisfeito. E quando lhe envio cartas, imagino você recebendo-as com um sorriso e isso me faz feliz. Gostaria de agradecer por me permitir ter esses dias cheio de amor. Não sei se podemos ficar felizes assim para sempre, mas se você ficar comigo, e sempre ficar comigo assim, acho que pode ser possível”.

E minha morte foi declarada nesse momento.

Não levem para o coração meus comentários sobre o ship, é que tendo ser bem calorosa quando se trata de triangulo amoroso, defendo meu ship como unhas e dentes. “Menino bonzinho, o ship da nação”.  Quem é jidal, coloca nos comentários, #JIDAL e vamos ser felizes juntos.

Bom pessoal, por hoje é só. Espero que vocês tenham gostado do texto, para quem quiser assistir, o drama está disponível na Netflix.

Assistam nossa resenha de Apostando Alto em nosso canal do Youtube.

Nota: O texto fora feito enquanto o drama estava em andamento, mas estão sendo colocados no site só agora, então, alguns surtos foram delírios.

POSTS RELACIONADOS:


One thought on “Comentários 50% do k-drama ‘Apostando Alto/Start Up’

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: