07/07/2022

MINHYUK E I.M DO MONSTA X FALAM SOBRE SUAS ATIVIDADES INDIVIDUAIS E MAIS

Minhyuk e I.M do MONSTA X participaram de uma entrevista e sessão de fotos para a Vogue.

Na entrevista, I.M falou sobre participar de cerimônias de premiação em meio à pandemia COVID-19. Em 2020, as cerimônias de final de ano foram realizadas sem público e apresentavam performances pré-gravadas, participantes usando máscaras e, muitas vezes, recebendo o prêmio por mensagem de vídeo. I.M disse: “Ficamos gratos por ter ganhado prêmios, mas quando os fãs não estão presentes, os troféus parecem menos significativos”.

Como muitos artistas, o MONSTA X teve que cancelar seus shows no exterior devido à pandemia. “Foi a primeira vez desde quando estreei que passei tanto tempo na cama, minhas costas até doeram”, disse ele. “Além de fazer exercícios em casa, passei a maior parte do tempo no estúdio. Mesmo quando estava ocupado, eu ia para o estúdio quando podia. Mas agora tenho muito tempo em minhas mãos.”

I.M está planejando lançar seu primeiro single solo oficial em fevereiro. Ele disse: “Quero mostrar ao público que tipo de música eu faço. O álbum é sobre o conceito de ‘dualismo’, no qual tenho pensado muito ultimamente. Você conhece essa ideia quando está bem, mas e quando não está bem? Nem sempre posso estar sorrindo, mas tenho um trabalho que exige que eu sorria. Quero falar sobre esses aspectos contraditórios e dualistas”.

Ele continuou: “Não é uma música muito brilhante, mas é a própria essência de‘ I.M ’. Os membros ouviram e disseram meio brincando que é bom, mas provavelmente não atrairá o público. Acho que se o público estiver procurando por um conceito de ídolo fofo, eles ficarão surpresos. Gosto quando as pessoas dizem: ‘I.M faz esse tipo de música?’ ”Ele acrescentou que não estava preocupado com o álbum e que sempre confiou em sua música.

Minhyuk foi questionado sobre sua escolha de músicas durante sua aparição em “The King of Mask Singer” da MBC. As músicas que ele escolheu foram de 1989 e 1991, e embora “retrô” seja uma tendência atual, as músicas foram lançadas antes de Minhyuk nascer. Ele explicou: “Em minha casa, tínhamos um toca-discos que tocava fitas cassete e CDs. Eu ouvia muitos álbuns diferentes quando era criança. Lembro-me da capa do álbum de Im Chang Jung, que saiu quando eu tinha sete anos. Ele tinha tingido o cabelo de loiro e estava com os braços estendidos para o céu.” Ele acrescentou que costumava pedir aos pais que lhe comprassem álbuns em vez de brinquedos.

Minhyuk escolheu Kim Junsu como seu convidado favorito e disse, “Assim que ele me viu, ele disse, ‘Oh! Não sei se você vai se sentir mal por ouvir isso, mas acho que sua voz soa semelhante à minha. _ Quase engasguei. Eu costumava ser inseguro com minha voz delicada, mas fiquei esperançoso quando o vi cantar. Quando eu era jovem, pensava que apenas homens com vozes profundas e viris como SG Wannabe poderiam se tornar cantores. Mas Kim Junsu me mostrou como outros estilos vocais poderiam ter sucesso. Claro, ele é bonito e dança bem também.”

Fonte: Soompi.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

MATÉRIA TRADUZIDA POR:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: