07/07/2022

NETFLIX INVESTE APROXIMADAMENTE $500 MILHÕES DE DÓLARES EM CONTEÚDOS COREANOS ESSE ANO

A streamer compartilhou seus planos em um evento em Seul, onde lançou a primeira imagem de sua lista atual e revelou um par de projetos de filmes originais, o filme BDSM ‘Moral Sense’ e o thriller de ação ‘Carter’.

A Netflix reafirmou seu compromisso com a indústria de entretenimento globalmente atrativa da Coréia do Sul na quinta-feira, revelando planos de investir $500 milhões de dólares em 2021 em filmes e séries produzidas no país.

Os planos foram revelados durante o vídeo promocional ‘see what’s next korea’ evento feito em Seul, onde diretores e estrelas coreanas se reuniram com executivos criativos da Netflix para promover os originais atuais e futuros da empresa em idioma original. Em meio a enxurrada de atividades promocionais, a Netflix também revelou que possui mais de 3,8 milhões de assinantes na Coréia do Sul.

A popularidade global da televisão e cinema Coreano provou ser ainda mais valioso para a Netflix do que a contribuição monetária relativamente modesta dos assinantes sul-coreanos. Até a data, a Netflix já produziu mais de 80 conteúdos originais coreanos, construindo o sucesso estrondoso de seu primeiro original do país, o thriller zumbi de época de Kim Eun Hee, Kingdom. “A audiência em volta do mundo se apaixonou pela história, artistas e culturas coreanas,” disse Kim Minyoung, Vice presidente de conteúdo da Netflix Coréia, Sul da Ásia, Austrália e Nova Zelândia.

Figura 2 ‘Squid Game’

Ela acrescentou: “A onda K (K-wave) ou Hallyu é o que nós na Coréia chamamos, é um grande momento de orgulho nacional e nós estamos orgulhosos de sermos parte disso. Boas histórias coreanas não são novidade, na verdade, a narração de história está profundamente enraizada na cultura coreana. Porém hoje em dia vivemos em um mundo onde Parasita é um vencedor do Oscar de melhor filme, Blackpink canta no Coachella, e mais de 22 milhões de famílias assistem uma série de tv de terror, Sweet Home.”

Mais de uma dúzia de atores e diretores coreanos se juntaram à Netflix para promover originais coreanos anunciados anteriormente que estrearão no stream esse ano. Entre eles estão as estrelas Bae Doona e Lee Joon de The Silent Sea, uma série sci-fi sobre uma equipe enviada a uma instalação de pesquisa abandonada na lua; O diretor coreano Yeon Sang Ho (train to Busan) e o elenco da sua série thriller sobrenatural Hellbound, incluindo Yoo Ah In, Park Jung Min, Kim Hyun Joo, Won Jin Ah e Yang Ik June; e o elenco de Squid Game, um Thriller sobre os participantes em um jogo secreto de sobrevivência com um prêmio de $40 Milhões de dólares.

Netflix também promoveu dois filmes originais coreanos anunciados anteriormente, ambos com premissas nervosas: um drama BDSM chamado Moral Sense e o thriller de ação Carter.

Figura 3 ‘The Silent Sea’

Dirigido por Park Hyun Jin (like for likes), Moral Sense segue um trabalhador de escritório aparentemente puro que mantém seu gosto por BDSM pra si mesmo, até sua colega de trabalho abrir acidentalmente sua correspondência e encontrar uma coleira. Uma vez que seu segredo é revelado, os dois desenvolvem um relacionamento de dominação da mulher e submissão do homem.

Carter é descrito como um “uma cena, filme de ação de um corte.” Dirigido por Jung Byung Gil, segue um homem depois que ele acorda em um quarto de motel sem nenhuma lembrança de quem é, com exceção de uma voz no seu ouvido que chama ele de “Carter.” Seguindo a ordem da voz, Carter vai em uma missão emocionante para salvar uma garota sequestrada.

“Nós estamos trabalhando com grandes talentos e cineastas, bem como com vozes emergentes emocionantes de toda a Coréia para fazer as melhores histórias em todos os gêneros” disse Kim, adicionando “Esse ano temos dramas coreanos como The Silent Sea, Squid Game e Kingdom: Ashin of the North, filmes como Carter e Moral Sense; novos reality series como Baik’s Spirit; documentários como Like My Love; e nosso primeiro sitcom Coreano, So Not Worth It. Nós não vemos a hora de nossos membros em volta do mundo se apaixonarem pelos histórias coreanas.”

Figura 4 ‘Hellbound’

Fonte: Hollywood Reporter.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

MATÉRIA TRADUZIDA POR:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: