23/05/2022

Ji Jin Hee, Yoon Se Ah e Kim Hye Eun no elenco de um novo drama da tvN

Ji Jin Hee, Yoon Se Ah e Kim Hye Eun foram escalados para o novo drama da tvN “The Road: Tragedy of One” (tradução literal).

“The Road: Tragedy of One” é sobre as terríveis ambições, segredos, culpa e salvação girando em torno de “Royal the Hills”, o local de residência para o 1% mais importante da sociedade coreana. Baseado no misterioso romance japonês “The Tragedy of One”, o drama foi originalmente intitulado “Birth of a Tragedy”.

A tragédia começa quando um terrível incidente perturba a paz dentro de um santuário elegante e exclusivo. Todas as pessoas são envolvidas neste incidente, seguido por reviravoltas inesperadas em suas vidas.

Ji Jin Hee foi escalado para o papel de Baek Soo Hyun, um âncora de notícias nacional em que o público confia. Ele é um jornalista cujas reportagens são tidas como verdade do evangelho e é uma figura universalmente elogiada e respeitada. Mas, por outro lado, ele é um homem frio que não se apegará a nenhum meio ou método para conseguir o que deseja.

Yoon Se Ah foi escalada como Seo Eun Soo, esposa de Baek Soo Hyun e filha do presidente do Grupo Je Kang, que controla o mundo político da Coreia. Ela é conhecida como uma esposa sábia e graciosa e uma popular artista de miniaturas, bem como uma mãe ideal que fará de tudo para proteger sua preciosa vida e família. Apesar de toda a sua dignidade, ela ficará muito abalada com o trágico incidente que se passa diante de seus olhos.

Kim Hye Eun foi escalado como Cha Seo Young, uma locutora de redação. Ela é honesta sobre suas ambições e deseja viver uma vida bonita e elegante que combine com sua bela aparência. Mesmo tendo o emprego perfeito, as notas perfeitas, o currículo perfeito, o rosto perfeito e até a família perfeita, ela sempre se sente vazia e quer mais.

“The Road: Tragedy of One” tem estreia marcada para o segundo semestre de 2021.

Fonte: Soompi.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: