28/10/2021

O diretor do novo drama de Kim Soo Hyun e Cha Seung Won elogia a atuação deles e compartilha o que esperar

O diretor de ‘One Ordinary Day’ (anteriormente conhecido como ‘That Night’) compartilhou suas seus pensamentos sobre o próximo drama!

Um remake de ‘Criminal Justice’, da BBC, ‘One Ordinary Day’ terá no elenco Kim Soo Hyun como Kim Hyun Soo, um estudante universitário comum cuja vida vira de cabeça para baixo quando ele de repente se torna o principal suspeito em um caso de assassinato. Cha Seung Won interpretará Shin Joong Han, um advogado que mal passou no exame da ordem e é a única pessoa que estende a mão para ajudar Kim Hyun Soo – sem nunca perguntar a ele sobre a verdade do que aconteceu naquela noite fatídica.

Descrevendo o apelo do drama, os produtores brincaram: “Nesta era em que as pessoas pensam mais sobre seu conforto e conveniência do que sobre justiça, é um drama imperdível com uma mensagem de peso”.

Com a estreia do drama chegando em novembro, o diretor Lee Myung Woo – conhecido por trabalhos como ‘The Fiery Priest’, ‘Punch’ e mais – sentou-se para uma entrevista com StarNews para conversar sobre o projeto e seus personagens carismáticos.

As filmagens de ‘One Ordinary Day’ começaram em abril deste ano e levaram cinco meses para serem concluídas, e o drama está atualmente em pós-produção. “Como entramos na pós-produção logo após encerrarmos as filmagens, ainda não parece que [as filmagens] o drama acabou”, disse Lee Myung Woo. “Acho que só cair a ficha que realmente acabamos quando terminarmos a pós-produção”.

Depois de descrever o drama como “uma história sobre o sistema de justiça criminal”, o diretor comparou ‘One Ordinary Day’ com alguns de seus dramas anteriores que abordavam assuntos semelhantes.

“Se meus trabalhos anteriores ‘Punch’ e ‘Whisper’ lidassem com as histórias de promotores, juízes e advogados que estavam no nível mais alto do sistema de justiça criminal”, explicou ele, “’One Ordinary Day’ contará a história de pessoas no nível mais baixo do sistema de justiça criminal, que não podem receber proteção da lei. Isso fará com que os espectadores se coloquem no lugar do protagonista Hyun Soo e perguntem: ‘Se fosse eu, o que eu teria feito?’ Portanto, acho que é um drama que as pessoas serão capazes de ter mais empatia ”.

Fonte: Soompi


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: