20/10/2021

O que achei do K-Drama ‘Squid Game’

ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS

Squid Game ou como nomeou a Netflix, Round 6, estreou dia 17 de setembro e desde lá vem fazendo o maior sucesso no mundo inteiro. Foi o primeiro drama coreano a alcançar o top 1 na Netflix Estados Unidos, alcançou no Brasil também, e no ficou entre as primeiras posições ao redor do mundo.

Um drama que fala sobre um jogo de sobrevivência mortal em busca de 45,6 bilhões de wons é o que está na boca do povo no momento, se você abrir as redes sociais, é só o que vai encontrar, todo mundo falando disso, até mesmo os que juraram que nunca iam assistir um conteúdo coreano. Sim, meus amigos, esse momento chega para todos algum dia. (Risos)

Contando com grandes nomes como Lee Jung Jae, Park Hae Soo e participação especial de Gong Yoo. Squid Game começou contando a história de pessoas que estavam na pior situação financeira de suas vidas, desempregados, pessoas devendo agiotas, tranbiqueiros, entre outros, ou seja, essas pessoas estavam na merda, mas a vida delas mudou a partir do momento em que decidiram entrar para o jogo, acreditando que ia só jogar em busca de dinheiro, a primeira rodada começa, e o que era para ser uma simples brincadeira, acaba se tornando uma matança, a batatinha frita que fazia o pessoal avançar e quando se mexiam, levavam um tiro, exterminou bastante pessoas.

Com o choque em saber que aquilo não seria um simples jogo, alguém lembrou da cláusula que dizia que se a maioria quisesse desistir o jogo se encerraria, feira a votação, a maioria decidiu que queria encerrar o jogo. Voltando para sua vida de merda, a realidade dura bateu na cara de casa um, e convidados a voltar para o jogo, muitos decidiram voltar porque afinal, o que é um peido para quem já está cagada, não é mesmo?

Eu achei interessante que o roteiro colocou essa premissa, primeiramente eles foram para lá sem saber o que se passava, mas depois, mesmo sabendo de toda a situação, eles decidiram voltar por livre e espontânea vontade, mostrar como a cabeça do ser humana pensa em situações difíceis. E como cada um age, porque o que a gente viu foi um show de horrores, a gente viu o que muitos foram capazes de fazer pra salvar a própria pele.

Há quem diga que Squid Game foi um drama ruim porque favoreceu o personagem principal que só conseguiu se salvar por “coincidências” do destino. Eu tenho que discordar, já que algumas vezes ficou bem óbvio que ele foi salvo, como na parte da escolha do colete. Mas, querendo eu não, o conceito do jogo era dar para aqueles que sofriam com desigualdades, uma chance de lutar de forma justa, enfim, a hipocrisia, mas não podemos deixar de ressaltar que o Gi Hun não era uma má pessoa, e mesmo ele tentando ganhar o dinheiro e salvar a vida dele, mas de alguma forma, ele também estava tentando ajudar os outros, diferente do Sang Woo que foi um puta de um jogador, mas deixou um rastro de desastre para trás, e você pode me dizer, “mas Vivian, isso era um jogo de sobrevivência, ele estava mais que certo”, vai reclamar com o roteirista e não comigo, ele que quis passar essa “lição”, se é que isso pode ser chamado de lição. 😂😂😂

Eu achei Squid Game um drama muito bom, mas no decorrer dos episódios eu senti que algumas coisas foram decaindo, eu esperava mais adrenalina o tempo inteiro, mas senti que o ritmo ficou entre altos e baixos, e no final, eu já não estava vendo a hora que terminasse, não sei se o drama tivesse 16 episódios, eu teria chegado ao final. Até o plot twist do cara mascarado ser o irmão do policial eu não senti que foi lá essas coisas, não chegou a me surpreender da forma que deveria, e a morte dele foi bem bleh, tipo, ele foi ninja durante 8 episódios tentando descobrir tudo, e morre dessa maneira, deveriam pelo menos dar uma morte mais digna para o coitado.

Eu amei os jogos, acho que todos foram bem pensados, o roteirista escreveu esse drama em 2008 e não conseguiu nenhum investimento porque diziam que era um enredo muito macabro e não iriam gostar. E ele disse que a intenção era fazer as pessoas verem seus jogos de infância se tornarem o seu pior pesadelo, e devo dizer que conseguiu com êxito, batatinha frita que o diga.

Achei bem interessante que o drama mostrou até onde a podridão dos seres humanos consegue chegar. Os caras lá de vermelho que organizam os jogos, pegando os corpos que ainda estavam vivos e fazendo contrabando de de órgãos, as pessoas que estavam jogando os jogos que eram uma mais podres do que as outras, o cara da máscara preta que não ligou para o próprio irmão que doou o rim para ele e o matou a sangue frio. O velhinho cara de pau que organizou toda a bagaça e ainda teve a pachorra de dizer que chega um momento da vida que tudo perde a graça, por mais que tenha dinheiro, tudo o que come, bebe ou compra, perde a graça, aí, por isso, ele decidiu ir lá fazer um jogo que mata as pessoas, que belo jeito de achar a graça na vida, não é mesmo? E sem contar, os caras ricos que apostam dinheiro em quem vai ganhar o jogo. Um nome alternativo para Squid Game poderia ser “as várias facetas do ser humano”.

Assim como muitos outros dramas original Netflix, Squid Game terminou em aberto, o Gi Hun estava para entrar no avião para ver sua filha, mas de desiste e aí acaba o drama. A pergunta que fica é, ele voltou para tentar parar os jogos? O que ele vai fazer? Isso talvez vai ser respondido em uma segunda temporada, e sinceramente eu digo que estou até ansiosa para ver como vai abordá-la se tiver, já que todo mundo morreu. O que falei no parágrafo acima sobre o Gi Hun ser uma boa pessoa, é reforçado no final, mesmo um ano depois, ele nem sequer tocou no dinheiro que ganhou, continua vivendo a mesma vida, só que mais perturbada ainda, devido a todo trauma do jogo, e pelo visto, ainda vai fazer de tudo para tentar parar o jogo, então, se formos olhar por essa perspectiva, ele mereceu ganhar os jogos, sim. Mas penso que, já que estava na merda mesmo, eu iria gastar o dinheiro, fazer o quê?

Esse drama entrou em algumas controvérsias, internautas acusaram o roteirista de plágio, devidos o drama ser bem parecido com um filmes japonês e o número no cartão de visita que o Gi Hun recebeu, realmente existia e a pessoa começou a receber várias ligações, coitada e Netflix está se virando nos trinta para compensar essa pessoa de alguma forma. Mas é aquela coisa, fale bem o mal, mas fale de mim. A verdade é que Squid Game está sendo um sucesso e isso não podemos negar.

Então gente, foi basicamente isso, como dito no início do texto, o drama está disponível na Netflix para quem quiser assistir, ele está dublado também , e a dublagem está simplesmente incrível, a Netflix acertou em cheio em todas vozes, parabéns aos envolvidos.

Por hoje é só pessoal. Quem está acompanhando ou terminou Squid Game o que achou?

Vivian Kelen
Vivian Kelen

Assisto dramas desde 2018 e “para todos os garotos que já amei” me trouxe até esse mundo. Minha missão nessa terra é espalhar a palavra da dramalandia. Meus dramas favoritos são Black Dog e Stove League. E não se esqueçam, amem Stray Kids.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: