20/10/2021

O que achei do filme da Netflix ‘Nosso Próximo Verão’

ESTE TEXTO PODE CONTER SPOILER

Sempre estou de olho na aba “em breve” da Netflix, quero saber se vem alguma coisa boa. E um belo dia apareceu “Nosso Próximo Verão”, gostei bastante do trailer e coloquei para receber notificação, eu não sou do tipo que gosta de romance, para mim, quanto mais desgraça melhor, mas até os ogros tem seu momento de fofura, e eu estava apostando em Nosso Próximo Verão para matar essa cede de fofura que eu estava nesse fim de semana.

Um pausa para rir…

Eu não sei nem como eu ainda consigo ter alguma esperança com filme chinês, é só desgraça ou realidade pura esfregada na sua cara “espero que a pessoa de quem você gosta, também goste de você”.

Upcoming Summer ou como a Netflix nomeou em português, Nosso Próximo Verão, conta a história de Chen Chen (Wendy Zheng) que foi reprovada no gaokao (Exame Nacional de Admissão à Faculdade), enquanto Zheng Yu Xing (Leo Wu) teve que retornar à escola porque faltou no dia da prova. Os dois acabaram se encontrando por causa de uma mentira que Chen Chen disse e tiveram que descobrir uma maneira de suprimir as dúvidas de seus professores e pais. Tendo se conhecido na juventude, eles se dão as mãos enquanto enfrentam diferentes problemas ao crescer e estabelecem uma amizade profunda.

A amizade desses dois começou de um jeito um tanto interessante, eu morri de rir, quando a professora separou os dois pois disse que tinham acabado de terminar o relacionamento, a cara do Yu Xing foi impagável (como assim estava namorando e não sabia?).

E assim esses dois começaram umA amizade, ela precisava sustentar a mentira, e ele precisava de alguém para compartilhar seus pensamentos. Nenhum dos dois queria enfrentar a realidade, ele não queria aceitar que a namorada realmente tinha lhe dado um chute, e ela se recusava a admitir que os pais estavam separados e já vivendo em um outro relacionamento às escondidas porque não queriam que ela soubesse. E o filme foi sobre isso, dois adolescentes entrando em amizade para tentar abafar e esquecer seus problemas reais.

E foi isso que eles desenvolveram, UMA AMIZADE, eu realmente esperava romance, não nego, porque os dois são fofíssimos juntos e aquela fotografia deixa tudo mais chamativo e aconchegante, o ship foi lá nas alturas, mas mais uma vez a China disse “hoje não, Faro”.

Eu gostei que mostrou a paixão do Yu Xing por música eletrônica, o remix que ele fez com a voz da Chen Chen cantando, ficou maravilhoso. E aquele festival de música eletrônica? Eu pensei logo “preciso ir em um festival de música eletrônica”, E EU NÃO GOSTO DE MÚSICA ELETRÔNICA, GENTE! Mas eu acho incrível o poder que uma história bem contada tem, ela tem esse magia que te involve e faz você querer experimentar o que está sendo contado na história, e isso que fez eu amar mais ainda esse filme.

O filme não tem um final triste, mas sim um real, eu que fui com expectativas que iria ter um romance maravilhoso. Quando a Chen Chen beijou o Yu Xing e falou que gostava dele, eu fiquei vibrando daqui, mas ele abriu a boca para dizer exatamente isso “Eu queria gostar de você”. Uma pausa para Maysa…

E a desgraça que se seguiu depois, foi típica de filme chinês (risos), eu até li um comentário no Twitter que falava assim “o surdinho que eu queria pra mim”. Ai gente, desculpa, mas eu ri. Eu gostei que no final, ele conseguiu ser o DJ que queria, e a fic já estava pronta na minha cabeça, quando a Chen Chen apareceu lá no festival, e para mim, os dois já estão casados e só minha fic importa. 😌😌😌

Eu fiquei meio em dúvida sobre o Yu Xing ser gay ou no mínimo bi, porque não mostrou o cartaz da Ming e quando a Chen Chen viu, ela não falou nada, e o Yu Xing disse “agora você me deve um segredo” e eu fiquei sem entender que segredo seria esse, e me perguntei se era um homem no cartaz, mas o negócio morreu aí e eu fiquei na curiosidade.

Conversando com uma pessoa no twitter sobre o filme, ela me disse que em um entrevista o diretor falou sobre um personagem agênero, então provavelmente a minha dúvida sobre o Yu Xing tinha fundamento, e se formos verificar, o diretor do filme é o Leste Chen, ele dirigiu o filme LGBT de 2005 chamado ‘Eternal Summer’, o filme foi indicado a 4 categorias no 43rd Golden Horse Awards in 2006.

Então, se eu pudesse meio que explicar o final, diria que eles não ficaram juntos pelo fato de talvez ele não gostar de mulher e quando ele disse a frase “Queria tambem gostar de você” possa ter tido um siginificado muito além de “gosto de outra pessoa”.

Apesar de tudo, eu amei o filme, não acho que o final desmereceu a beleza que foi a história, como eu disse, eu que fui com muita sede ao pote e muitas expectativas e quebrei a cara, mas ainda sim é um filme que eu indico muito e acho que vale a pena assistir.

Por hoje é só pessoal. Quem assistiu Nosso Próximo Verão o que achou?


Vivian Kelen
Vivian Kelen

Assisto dramas desde 2018 e “para todos os garotos que já amei” me trouxe até esse mundo. Minha missão nessa terra é espalhar a palavra da dramalandia. Meus dramas favoritos são Black Dog e Stove League. E não se esqueçam, amem Stray Kids.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: