05/07/2022

Primeiras impressões do drama ‘Nosso Eterno Verão/Our Beloved Summer’

Ficha Técnica

Nome: Our Beloved Summer/그 해 우리는
Diretor: Kim Yoon Jin
Roteirista: Lee Na Eun
Gênero: Comédia, Romance e Juventude
Rede: SBS
Lançamento: 6 de dezembro de 2021
Idioma: Coreano
País: Coreia do Sul
Onde Assistir: Netflix (estreia 27 de dezembro)

ESSE TEXTO CONTÉM SPOILER

Eu simplesmente amei os dois primeiro episódios de Our Beloved Summer, foram leves e bem diretos. Eles começaram assim, o relacionamento foi assim, eles terminaram de tal forma, e agora vão se reencontrar. Amo coisas diretas, não que eu não goste do suspenso e do mistério de saber como tal coisa aconteceu, mas acredito que em alguns dramas não cabem isso, e Our Beloved Summer deixou bem claro desde o início.

Gostei bastante das cenas da escola, e depois fui ver que a roteirista do WEBTOON, é a mesma de Failing in Love, eu gostei bastante desse mini drama escolar e ela foi perfeita e sucinta nesse mini drama. O que aumentou mais minha expectativa para saber como ela vai escrever o resto das cenas.

O drama tem como proposta, mostrar duas pessoas que se encontraram há 10 anos, os dois estudavam na mesma escola e um produtor decidiu gravar um documentário com o pior e o melhor aluno da escola, e calhou de ser os dois. No início, não quiseram aceitar, mas depois de muita insistência eles toparam. E as cenas que vieram depois foram bem engraçadas e refrescante, a gente viu que Yeon Soo (Kim Da Min) implicava demais com Woong (Choi Woo Sik) e vice e versa, eu ri horrores nesses dois primeiro episódios, porque os dois eram parece cão e gato.

As cenas foram intercalando entre presente e passado, a Yeon Soo do presente trabalha em uma empresa de marketing e é excelente no que faz, mesmo sendo contrariada e cortada o tempo inteiro, ela vai em frente e tenta se impor. Eu amei que logo de início, parecia que o Woong não tinha perspectiva nenhuma, mas depois a gente viu que ele era um desenhista bem sucedido e que escondia isso dos pais e também esconde sua identidade do público. Óbvio que calhou de a Yeon Soo fazer um projeto para uma empresa e apresentar o Woong como proposta, mas ela não sabia que era ele ainda. E na busca pela identidade do desenhista famosinho, todas as pistas estavam lá e ela sabia quem procurar, só que realmente esperava que não fosse ele.

Confira nosso vídeo de primeiras impressões

Tivemos alguns vislumbres do relacionamento dos dois e o que vimos, foi duas pessoas sem comunicação. Yeon Soo sempre fazendo perguntas “e se” esperando ter uma única resposta possível do Woong “isso não vai acontecer porque EU TE AMO”, os dois ficaram em um relacionamento por um bom tempo, e a Yeon Soo nunca conseguiu obter a resposta que ela queria do Woong, até que cansou. E vimos um Woong que não se abria sobre seus sentimentos para a pessoa que amava, achava que só de demonstrar era suficiente, e até hoje ele não sabe o porquê de a Yeon Soo ter terminado com ele.

Eu entendo o lado Yeon Soo ter ficado esperando isso dele, mas custava ter uma conversa franca? Assim, o Woong que é um tapado completo, perceberia o que ela queria. Mas também não defendo ele, óbvio, porque quando você está em um relacionamento e gosta de uma pessoa, o mínimo que se deve fazer é demonstrar isso tanto em atitudes quanto em palavras. A verdade é que os dois eram muito imaturos na época, eles começaram a namorar na época da escola, tendo sentimentos bons, mas não maduros o suficiente, eles foram crescendo, mas a cabeça deles com relação ao relacionamento dos dois, não. Aí ficava aquela guerra de sentimento da época de escola.

Eu espero que os dois agora com quase 30 anos, possam realmente conversar e se entender, e perceber onde erraram e que os dois erraram, mas óbvio que ainda vamos ver um guerra entre esses eles, porque agora, o Ji Woon (Kim Sung Cheol) vai querer regravar o documentário com os dois já adultos, para mostrar a lado adulto deles e quem sabe talvez juntar esses dois novamente. O documentário deles no passado fez bastante sucesso, justamente pela química e inocência dos dois com relação aos sentimentos que tinham um pelo outro, foram protagonizados altos momentos fofos e engraçados dos dois, e óbvio que amamos um ship, por isso o documentário fez tanto sucesso.

Não posso deixar de fora a cena do sal e da água, que cena mais imatura, mas também foi muito engraçada. Em uma das perguntas “e se” da Yeon Soo, ela perguntou para o Woong se terminasse com ele, o que ele iria fazer. O super adulto então respondeu que ia jogar água na cara dela, ia jogar sal e ia mandar sumir da frente dele. E depois que a Yeon Soo apareceu na porta dele depois de 5 anos, ele realmente fez isso, borrifou a água, jogou o sal e a mandou embora, ele não só fez isso, como ficamos sabendo que ele ensaiou por 5 anos, 5 ANOS minha gente. Enfim, a maturidade. Mas eu ri muito dessa cena, e pelo menos ele teve a consciência de sentir remorso. 😂😂😂

Outro cena boa foi a Yeon Soo bebada e chamando o cliente dela de psicopata e sem coração, isso foi tudo pra mim, bom que apresar de tudo, o cara levou tudo numa “boa”.

Não posso deixar de fora a fotografia desse drama que é um tanto interessante, é algo meio embaçado com um toque antigo, tanto que eu parei de assistir no computador para assistir no telefone pensando que a resolução estava ruim. Mas eu amei, ela deu um ar diferente a trama.

Como eu disse, amei esses dois primeiros episódios, acho que o drama promete muito e espero que realmente entregue uma comédia romântica boa e coerente, e apesar do drama ter bastante clichês, mas acho que trouxe uma ambientação e uma química diferente. Ansiosa para ver o amor de Yeon Soo e Woong aflorar novamente!

E aí pessoal? Já começaram a acompanhar Out Beloved Summer o que acharam? Quem ainda não começou, pelo menos até aqui eu recomendo, parece que vai ser uma comédia romântica bem leve com um casal bem interessante.


Vivian Kelen
Vivian Kelen

Assisto dramas desde 2018 e “para todos os garotos que já amei” me trouxe até esse mundo. Minha missão nessa terra é espalhar a palavra da dramalandia. Meus dramas favoritos são Black Dog e Stove League. E não se esqueçam, amem Stray Kids.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: