23/05/2022

Primeiras impressões do drama ‘Tomorrow’

Ficha Técnica

Nome: Tomorrow/내일
Diretor: Kim Tae Yoon, Sung Chi Wook
Roteirista: Ra Ma (WEBTOON), Kim Yoo Jin
Gênero: fantasia, ação e Drama
Rede: MBC
Lançamento: 01 de abril de 2022
Idioma: Coreano
País: Coreia do Sul
Onde Assistir: Netflix e Life Fansub

Vamos lá, de novo outra vez. Já estou até cansada de toda início de drama eu falar que é hino e depois desanda, mas como eu não tenho vergonha na cara, eu falo de novo, Tomorrow teve um primeiro episódio de milhões e foi hino demais. 🗣🗣🗣🗣

Que química excelente entre os atores, o papel da Kim Hee Seon está maravilhoso, uma Áurea incrível. O Rowoon me surpreendeu muito nesse drama, a atuação dele está bem condizente com o papel, sim eu achava e a atuação dele bem fraquinha, mas uma hora tem que dar certo. 😂😂😂

Gostei muito do plot dos ceifadores que salvam vidas (especificamente de pessoas que tentam suicídio), o que é até um tando contraditório. Mas acho que estão abordando um tema muito importante, afinal, a Coreia tem um taxa de suicídio elevadíssima. E no início do drama já tem aviso de gatilho, se você for sensível a esse assunto, ele não é recomendado para você.

Sério, eu nunca vou entender as pessoas que praticam bullying. Qual o prazer que a pessoa tem de humilhar e subjugar a outra? O segundo episódio mostrou o quanto a Eun Bin sofreu na mão de uma bulynadora, as cenas foram extremamente gatilho, o descontrole dela me deu um desespero danado, e olha que poucas cenas me deixam tão desconfortável assim. E depois, a safada da agressora ainda escreveu um livro sobre bullying, olha, eu não tenho as condições. “Acima de tudo, quero que meu livro dê forças as pessoas que sofrem bullying”. Isso é o verdadeiro significado do enfim, a hipocrisia.

É por isso que o povo coreano é tão caças as bruxas com bulynadores, não tem essa de “Ah, fulano era apenas uma criança”, se for comprovado que o que ele fez foi agressão psicológica, física ou verbal, cancela mesmo e foda-se. Não importa se é o alecrim dourado da nação.

O Ryung Goo representando a classe proletariada inteira, “deu meu horário, filhão, estou indo embora”. Se o salário é mínimo, o esforço também porque não somos obrigados. Amo que ele coloca até o despertador para tocar e só trabalhar as 8h certinhas.

O vampirão está bem maravilhoso, gosto, não vou negar! Já quero ele na equipe dos salvadores também, assim vão formar o quarteto fantásticos do submundo, iha, vem aí!

No mais, gostei bastante. Não sou muito fã de drama de fantasia porque normalmente perco o interesso lá pelo meio, mas vamos ver se tomorrow me prende até o final.

Achei fofo demais ela comprando a Aguccim realmente pensando que era Gucci. 😂😂

E aí minha gente, já começaram Tomorrow?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: