22/05/2022

O novo drama de Lee Sung Kyung e Kim Young Dae, ‘Sh**ting Stars’, é criticado por ser racista e brincar de assédio sexual como uma piada

Com apenas 2 episódios, ‘Sh**ting Stars’ está enfrentando fortes críticas de internautas internacionais.

O novo drama de sexta-feira da tvN ‘Sh**ting Stars’, estrelado por Lee Sung Kyung e Kim Young Dae, começou mal com sua estreia na semana passada. Além de registrar baixas classificações de audiência no mercado interno abaixo de 2% para os dois primeiros episódios, ‘Sh**ting Stars’ também foi criticado por ser problemático por espectadores internacionais.

Especificamente, nas cenas do episódio 1 em que o protagonista masculino Gong Tae Sung faz uma viagem missionária à África, o continente foi retratado de forma desrespeitosa e estereotipada como um monólito onde não há acesso a água potável com o personagem de Kim Young Dae sendo retratado como um “salvador”. Além disso, o uso de uma música do Rei Leão também faz com que muitos espectadores se sintam ofendidos.

O segundo episódio de ‘Sh**ting Stars’ continuou a receber comentários negativos por brincar de assédio sexual contra a protagonista feminina Han Byul (Lee Sung Kyung) como uma piada. Especificamente, quando Gong Tae Sung descobre que Han Byul cometeu um erro de digitação e publicou um artigo incorreto sobre seu “membro”, Gong Tae Sung fica tão bravo que entra no quarto dela e quase tira as calças na frente de sua colega feminina para provar que ela está errada.

Comentários dos internautas no Twitter:

A maneira como eles retratam a África é ridícula e racista

Ambos os episódios são problemáticos. O que há de errado com os escritores?

A tvN removeu a música “Lion King” dos sites de streaming, caso contrário, será um grande negócio.

Não é à toa que esse drama é um fracasso.

O assédio sexual não é engraçado e não deve ser interpretado como uma brincadeira. A cena é tão perturbadora.

Além disso, muitos espectadores afirmam que ‘Sh**ting Stars’ recebe classificações baixas também porque Kim Young Dae e Lee Sung Kyung não podem liderar seu próprio drama. Especialmente Kim Young Dae, cuja atuação está sob controvérsia desde “Penthouse”. Quanto a Lee Sung Kyung, seus trabalhos anteriores de sucesso são “Doctors” ou “Dr. Romantic 2” foram liderados por veteranos como Kim Rae Won e Han Suk Kyu. Portanto, diz-se que ela carregando Kim Young Dae sozinha inevitavelmente leva ao fracasso de ‘Sh**ting Stars’.

Fonte: Kbizoom.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: