07/07/2022

Primeiras impressões de My Liberation Notes (O meu diário para a Liberdade)

Quem vai acompanhar o meu diário para a liberdade comigo (My Liberation notes – Título em inglês)? Nos últimos tempos nós surtamos com o drama da cangaia, a Bussiness Proposal, mas o meu diário para a liberdade é o meu estilo de drama real-oficial. Escrito pela Park Hae Young (My Mister – drama que amo) e dirigido pelo Kim Seok Yoon (Dazzling – outro drama que amo), o meu diário para a liberdade fala sobre a história de vida de três irmãos. Seus dilemas, problemas em relacionamento e muito mais.



Muitos assuntos foram levantados nesses dois primeiros episódios. Um dos assuntos foi o não respeito a personalidade do funcionário, onde todos tem que seguir um jeito de ser, se não você é excluido. O drama fala muito sobre família, tem muito drama e é bem falado. É muito reflexivo e intenso. É o estilo desse tipo de drama, que pode ser entitulado como ‘slice of life’.

Além dos três irmãos, um homem fechado e calado chamado Mr. Go, que aparenta ter muitos segredos, começa a morar no vilarejo que os irmãos moram, trabalhando com o pai deles. Acontece que o homem misterioso irá se envolver com a irmã mais nova (Mi Jung). Ela tem a vida lascada, ele também, e sabem o que vem ai? Um romance daqueles bem lindo onde um ajuda o outro, principalmente porque a coitada está literalmente no fundo do poço, endividada. Com relação a ele? Ainda não sabemos muita coisa, mas podemos esperar porque teremos muitas emoções.

Agora me fala aqui nos comentários. Você está acompanhando o meu diário para Liberdade? Se sim, venha surtar comigo acompanhando os stories todo final de semana.

Onde assistir: O drama estará na Netflix.

One thought on “Primeiras impressões de My Liberation Notes (O meu diário para a Liberdade)

  1. Acabei de ver e achei muito bom é o genero que gosto intenso e com tudo o que gosto intimista,com grandes silencios e dialogos interessantes sobre a natureza humana.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: