04/10/2023

Outro mandado de prisão solicitado para o ator Yoo Ah In por suposto uso de drogas

Os promotores entraram com um pedido de mandado de prisão na segunda-feira para o ator Yoo Ah In sob a acusação de uso de drogas ilegais, quatro meses depois que o tribunal rejeitou o pedido da polícia de um mandado inicial contra ele.

O departamento que investiga crimes violentos da Procuradoria do Distrito Central de Seul disse que solicitou ao tribunal a emissão de um mandado de prisão para o ator de 37 anos. Yoo, cujo nome verdadeiro é Uhm Hong Sik, é suspeito de violar a Lei de Controle de Narcóticos do país, adulterar provas e fugir da cena de um crime.

A promotoria disse que o pedido do mandado de prisão foi feito porque o ator consumia habitualmente narcóticos ilegais e adquiria essas substâncias por meio do que chama de “compras médicas”, onde Yoo teria obtido cerca de 1.000 pílulas para dormir por meios ilegais, usando nomes de outros pacientes. Yoo também é suspeito de usar cocaína e maconha com um conhecido em janeiro, para quem os promotores solicitaram um mandado de prisão no mesmo dia.

Acrescentou que se considera que Yoo “cometeu crimes graves ao obstruir o processo judicial”, incluindo a destruição de provas e a coacção de testemunhas a mudarem os seus depoimentos.

Yoo foi criticado por uso de drogas depois que a polícia iniciou uma investigação no final do ano passado, após um relatório do Ministério de Drogas que alegava que o ator vinha comprando propofol para fins não médicos desde 2021.

Desde então, o ministério solicitou que a polícia iniciasse uma investigação sobre aqueles que se presume terem consumido drogas ilegais, com base no seu próprio Sistema de Gestão de Informação sobre Narcóticos. O sistema contém detalhes sobre instalações médicas que prescrevem doses mais altas do que a média e aqueles que recebem tais doses.

Uma série de investigações policiais e resultados de exames toxicológicos do Serviço Forense Nacional deram positivo, que detectaram que o ator havia usado maconha, propofol, cocaína, cetamina, zolpidem, midazolam e alprazolam. A denúncia suspeita que o ator comprou narcóticos médicos no valor de 500 milhões de won (377.358 dólares) em hospitais de Seul.

Yoo também é acusado de tomar mais de 4.000 ml de propofol – uma substância usada para ajudar a relaxar ou dormir antes e durante cirurgias ou outros procedimentos médicos – 73 vezes em 2021 e recebeu prescrição de zolpidem – um medicamento usado para tratamento de curto prazo. de problemas de sono – para fins não médicos.

O ator admitiu parcialmente ter fumado maconha, mas insistiu que usava as outras drogas para fins médicos.

Fonte: The Korea Herald.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: