03/12/2023

Confirmada a terceira temporada do drama japonês ‘Alice in Borderland’

A Netflix deu luz verde para a terceira temporada da série de suspense distópica japonesa “Alice in Borderland”.

O anúncio foi feito pelo vice-presidente de conteúdo da APAC da Netflix, Kim Minyoung, no segundo dia da conferência APOS na Indonésia.

Baseado na série de mangá de mesmo nome de Aso Haro, “Alice in Borderland” segue a história de Arisu depois que ele é transportado para um universo paralelo no qual ele precisa jogar e vencer jogos para permanecer vivo. Os jogos são divididos em quatro categorias representadas por naipes em um baralho de cartas. O mangá foi serializado nas histórias em quadrinhos semanais japonesas Weekly Shonen Sunday S e Weekly Shonen Sunday entre 2010 e 2016.

Sato Shinsuke foi confirmado para retornar como diretor da terceira temporada, “garantindo que a série mantenha sua intensidade e excelência cinematográfica de marca registrada”, disse o streamer. Sato tem créditos em filmes que incluem “Gantz”, “Inuyashiki” e “Death Note: Light Up the New World”, e créditos na TV, incluindo “Kingdom” e uma minissérie “Death Note”.

Yamazaki Kento e Tsuchiya Tao estão confirmados reprisando seus papéis como Arisu e Usagi na 3ª temporada. “Os fãs podem esperar testemunhar a evolução de seus personagens na paisagem sempre perigosa de Borderland”, disse a Netflix.

A primeira temporada foi lançada em dezembro de 2020 e foi classificada entre os dez programas mais assistidos do streamer em cerca de 40 territórios, na Ásia e na Europa. A segunda temporada estreou em dezembro de 2022 e se tornou o título mais assistido da Netflix Japão de todos os tempos, incluindo todos os títulos de anime. Apareceu entre os 10 primeiros em mais de 90 países, conquistando o primeiro lugar em 17 deles, e registrou 200 milhões de horas de exibição em todo o mundo.

Fonte: Variety.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores originais e não refletem necessariamente a opinião das Coreanas de Taubaté.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: