27/11/2021

Entrevista: Chun Woo Hee

maxresdefault

A atriz chun woo hee sai da zona de conforto em “vertigo”

– matéria por a.s

edição por rez –

A atriz Chun Woo-hee é uma atriz produtiva, conhecida pelos personagens únicos que interpretou em filmes anteriores, como uma mulher misteriosa no filme de terror de 2016 “The Wailing” e uma vítima traumatizada no premiado filme de 2013 “Han Gong Ju .”

Mas em seu novo filme “Vertigo”, ela quebra esse padrão. Sua personagem é mais realista. Ela interpreta Seo Young, uma mulher de 30 e poucos anos com um emprego que leva uma vida média para uma mulher de sua idade.

Enquanto desempenhava seu novo papel, Chun, 33 anos, disse que estava aliviada por ter tido uma pausa depois de ter se queimado. “Eu li o roteiro durante um período em que me senti insegura e tinha dúvidas sobre mim e meu talento como atriz”, disse ela durante uma entrevista ao The Korea Times, terça-feira, em um café em Samcheong-dong, Seul. “Mas a história me fez perceber que os atores podem encontrar significado e razões para sua existência atuando no set”.

“Vertigo” centra-se em Seo Young trabalhando em um prédio. Ela tem um relacionamento inseguro com seu colega de trabalho, que também é seu namorado (Yoo Teo). Sua carreira também é instável, pois ela trabalha como contratada. Embora ela tente sobreviver em sua realidade instável, sua mãe histérica, que a chama todos os dias, constantemente a derruba e a empurra para o limite. Um dia, ela olha pela janela do escritório e encontra Kwon-woo (Jeong Jae Kwang), que está abaixado do lado de fora do prédio alto com um cabo para limpar as janelas. Pendurado em um fio de sua própria crise, Kwon-woo a procura por conforto e simpatia.

Embora o filme contenha um romance de um encontro tão incomum, é uma história sobre como uma pessoa se dá bem nas lutas diárias e encontra alguém em quem pode confiar. A câmera costuma dar um zoom em Seo Young para fotos em close para mostrar suas emoções delicadas que ela tenta reprimir para evitar um colapso.

Uma cena do filme “Vertigo”, que se concentra em uma mulher que luta para manter sua vida unida através de crises de seus relacionamentos com as pessoas ao seu redor.

Vertigo 2..jpg

Atriz Chun Woo Hee./ Cortesia de Namoo Actors.

“Acho que o filme é sobre como duas pessoas interagem e desenvolvem empatia ao entenderem as lutas uma da outra”, disse ela. “Quando estávamos filmando, eu brincava ‘Mesmo que Kwon-woo fosse uma mulher, eu ainda a beijaria no final.’ E é isso que eu pessoalmente acredito que meu personagem faria, já que o filme não é apenas sobre romance”.

“Acredito que não apenas as mulheres na faixa dos 30 anos, mas também todas as pessoas que vivem nesta sociedade possam se sentir vazias e pressionadas por manter os relacionamentos com as pessoas ao seu redor”, disse ela. “A personagem era identificável comigo, pois ela tinha que suportar as responsabilidades que acompanham os relacionamentos que às vezes parecem um fardo”.

Superar suas dificuldades pessoais é algo que ela se esforça continuamente para fazer. “Eu não sei se me dou bem porque estou tentando ou acontece apenas conforme as circunstâncias”, disse ela.

Ela observou que aprendeu a deixar ir, em vez de se esforçar tanto para que as coisas funcionassem, a fim de superar as lutas em sua carreira e vida pessoal. “Eu não acho que alguém deva se sentir obrigado a fazer algo para passar por um momento difícil”.

“Em vez de fingir que está tudo bem, sinto que preciso seguir o fluxo e deixar ir, expressando o que sinto no momento. Quando você está exausto ou frustrado, pode reclamar e, se sentir ferido, você pode informar outras pessoas e solicitar suporte”.

Chun disse que desenvolveu essa mentalidade através de seu trabalho recente, especialmente a partir de seu papel na série de comédia romântica “Be Melodramatic”, que terminou no mês passado. A série foi seu terceiro drama de TV em seus 15 anos de atuação.

A atriz observou que trabalhar em uma série de TV era diferente do que no cinema, no sentido de que a primeira lhe dava espaço para brincar com seu personagem. “Muita improvisação foi feita e eu percebi um lado da minha personalidade real através do personagem”, disse Chun, que interpretou um roteirista de 30 anos, esforçando-se para lidar com seu trabalho e um relacionamento romântico.

“Eu costumava não me permitir cometer erros e me preocupava muito com a forma como seria vista pelos outros”, disse ela, observando que seus trabalhos recentes permitiram que ela se sentisse mais confortável e natural em aceitar como os outros a vêem.

Vertigo 1..jpg

Uma cena do filme “Vertigo”, que se concentra em uma mulher que luta para manter sua vida unida através de crises de seus relacionamentos com as pessoas ao seu redor. / Cortesia de Triple Pictures

O filme “Vertigo” estreou no Festival Internacional de Cinema de Busan no início deste mês e chegará aos cinemas locais em 17 de outubro.

Siga o trailer do filme abaixo!

FONTE: thekoreatimes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: